Risoto de Charque Express

Sim. Risoto, não carreteiro.

Semana passada, estava eu sem comida em casa e sem vontade de sair para comer. Olhando a geladeira avistei o charque em um cantinho, sozinho e abandonado… Olhei aquela meia cebola no potinho e pensei: carreteiro! Mas como o único arroz presente na casa naquele momento era o arroz arbório, foi risoto! Haha.

O preparo se deu em menos de 30 minutos, e o resultado foi muito satisfatório:

Charque.062

Risoto de Charque Express

Ingredientes:

1/3 xíc. charque picado bem pequeno
1/2 cebola picada
1 dente de alho
1 c.s. de molho de tomate (ou meio tomate picado)
1/2 xíc. arroz arbóreo
2 xíc. água fervente
2 c.s. de queijo parmesão picado
sal, pimenta e tomilho ao seu gosto

Mode de fazer:

Em uma vasilha, coloque o charque picado em água fervente e deixe por um minuto. Retire a água e preencha com água fria. Troque a água mais uma vez, escorra e reserve o charque. Refogue a cebola e o alho, adicionando o charque quando a cebola estiver começando a dourar. Adicione o arroz e refogue rapidamente. Em fogo baixo, adicione 1 xícara de água fervente e mexa ocasionalmente. Adicione o tempero, o molho de tomate e mais 1/3 de xícara de água (caso o arroz esteja duro) e mexa ocasionalmente. Quando já estiver secando, desligue o fogo e adicione o parmesão. Mexa bem e abafe o arroz por dois minutinhos. Salpique com salsinha para decorar.

Rendimento: 1 pessoa com fome!

grav

Risoto de Funghi Secchi

Um dos meus pratos favoritos e um dos mais fáceis!

Eu gosto de fazer este prato quando quero algo gostoso, porém simples. Sem contar que ele causa uma boa impressão. Certa vez minha tia veio me visitar e cozinhei este prato para ela. Uma semana depois ela já me cobrava a receita. Outra vez fiz para uma amiga, num jantar, e logo depois ela me ligou querendo a receita pois estava com desejo. Eu disse: “Pega qualquer receita no google, sua louca!”, até porquê eu nunca tinha realmente escrito a receita, simplesmente fazia como achava que ficaria bom – e sempre ficou! Acabei ditando a receita por telefone! Haha. Adoro pegar as pessoas pelo paladar. É esta amiga com o risoto, outra com purê de mandioquinha e meu noivo, bem, com absolutamente tudo que eu cozinho.

Meus pais se recusam a pagar qualquer valor em macarrão, pois dizem que os que eu preparo estão no mesmo nível daqueles servidos nos nossos restaurantes preferidos. Não poderia ser diferente, visto que eu copio as receitas, ou o que eu acredito ser a receita… Haha.

Então vamos lá:

Risoto de Funghi Secchi
(essa é minha ;))

Ingredientes:

50g de funghi secchi
1 xícara de vinho (ou meia, depende do gosto de cada um. Eu ponho bastante, do tinto, assim sinto bem o gosto do vinho e do funghi)
3 xícaras de água quente

4 xícaras de caldo (vinho + água, usados na hidratação do funghi*)
2 xícaras de arroz arbório (conhecido também como arroz para risoto, arroz para culinária italiana)
2 colheres de sopa de manteiga/margarina
1 cebola grande picada
1 dente de alho picado
4 colheres de sopa de creme de leite (opcional, mas dá uma “liga” boa)
100g de parmesão em lascas
Sal e pimento do reino/preta ao seu gosto

Modo de fazer:

Lave o fungai em água corrente e hidrate-o por 30 minutos no vinho misturado com a água quente. Escorra-os SEM colocar o caldo fora, pois este é usado para cozinhar o arroz!

Refogue a cebola e o alho na manteiga até dourar, adicionando depois o arroz para uma rápida refogada. Baixe o fogo e colocando uma xícara por vez, adicione o *caldo ao arroz e mexa constantemente até o líquido diminuir. Repita o passo até a terceira xícara. Quando o líquido diminuir, prove o ponto do arroz. Se estiver firme demais para seu gosto, coloque a quarta xícara. Se você prefere o grão ao dente, pode ir colocando a última xícara aos poucos e testando o ponto. Quando estiver no ponto desejado, adicione o creme de leite (que pode também ser trocado por manteiga), misturando bem, e desligue. Por fim, adicione o parmesão em lascas, misture ao arroz e tampe a panela para derreter o queijo enquanto leva à mesa.

Risoto.006

Rendimento: 4 porções (bem servidas)

Nota: o vinho pode ser substituído pela mesma quantidade de água, caso seja sua preferência.