Caneta Delineadora Revlon Colorstay

Oe!

Vou contar um causo pra vocês…

Há bastante tempo, tenho (e uso) a caneta delineadora da Revlon Colorstay em preto e sempre gostei muito. Gosto como é de fácil aplicação (a ponta é apropriada para “carimbar” rente aos cílios, o que, para mim, deixa um efeito bem fininho…) e, em geral, tem boa duração. Pois bem. Tudo isso era verdade até esta segunda-feira.

Faz três anos que tenho essa canetinha, de forma que quando uma chega ao fim logo compro outra, e sempre achei muito boa. Porém, até pouco tempo atrás, eu não me maquiava com tanta frequência, nem passava tanto tempo maquiada.

Ultimamente tenho usado quase que exclusivamente maquiagens Mary Kay, devido ao trabalho. Porém, intitulei a segunda-feira como o blog day, então é o dia de testar produtos que tenho ou que adquiri recentemente. Assim, nessa segunda, testei a canetinha juntamente com uns produtinhos coreanos (post mais adiante).
Apliquei o delineador às 13h e tirei foto dele às 22h. É verdade que desde às 16h eu já havia notado uma leve escurecida abaixo dos olhos, mas não podia ficar me analisando… O resultado às 22h foi o seguinte:

Revlondelin.122.122

A foto que indica o escuro embaixo do olho não capta a real gravidade da coisa, pois o flash ameniza o problema…

Moral da história, pessoal: um produto que achava ser muito bom, não resistiu as horas do verão de Porto Alegre, ainda que tenha passado 95% do tempo em uma sala refrigerada.

Complicado…

Eu não programei um post para comparar delineadores, mas fica abaixo duas fotos do Instagram para vocês terem uma ideia. Na esquerda, o delineador líquido Mary Kay, cujo aplicador também é de feltro, e na direita, a caneta  delineadora Revlon.

o.O

Delineadores.123

Esmalte da Vez: Cherries in the Snow

Esse esmalte é lindo!

A primeira vez que vi na mão de uma colega, enlouqueci! Não sosseguei até achar o querido… Ele já é velhinho e ainda está muito bom…

Há pouco descobri que a Revlon tem batons nas mesmas cores de esmaltes. Em uma das visitas ao freeshop, minha mãe pediu um batom vermelho “de verdade”. Segundo ela, os que eu tenho são ou vinho ou cereja! Chegando lá, encontrei o Revlon Red, que é a cor de esmaltes número 1 da minha mãe (ou foi por muitos anos…). E acertei! Ela adorou e disse que aquilo sim era vermelho… Da mesma forma, sei que existe o batom Cherries in the Snow, mas não comprei… Fiquei só com o esmalte mesmo! Haha.

Esmalte3.091

Quando quiser fazer o combinadinho esmalte + batom, aposta na Revlon que tem cores lindas!

🙂

grav

Brilho Labial com Cor

Tinted balm? Lip stain? Lip cream? Liquid lipstick?

Pois é. Parece que qualquer coisa está na moda, menos o batom em si! Haha.

Hoje vamos nos ater ao primeiro da série (que vai ter só dois capítulos, porque é o que eu tenho! Haha): o tinted lip balm, ou brilho labial com cor.

Eles existem em várias marcas, mas este tipo de produto só me chamou atenção quando foi lançado pela Clinique, o chamado Chubby Stick – Moisturizing Lip Color Balm, vendido a $89 pedacinhos de vida no site da marca. Sonho…
Como eu sou do tipo “quero esse, mas vou achar algo parecido que valha o preço”, comprei o Revlon Colorburst Lip Butter assim que estava disponível. Foi minha primeira compra no site da Sephora, embora a cor que eu gostaria não estivesse disponível. Porém, isso foi bom pois me deu oportunidade de introduzir um pouco de vermelho na minha vida… Aproveito este post para mostrar para vocês como fica nos lábios. Porque mulher nunca está satisfeita, eu pensei: “gostei desse negócio e quero outro!”, mas como eu achei que não valeria pagar mais $30 pedacinhos de vida em um “brilho” que gasta bem rápido, eu fui atrás na gringa!
Uma vez eu comprei uns produtos coreanos e gostei muito. O vendedor então me passou o site da loja dele fora do ebay, que possui muito mais coisas e preços melhores, porém sem frete grátis. Na loja, havia um produto do mesmo estilo do da Revlon, porém coreano: Apricot Stick, da Etude House. Namorei por um tempo até ter coragem de fazer uma compra e pagar o frete. O frete custou o preço de 10 produtos que comprei. MESMO!

Ele não é tão bonito como o da Clinique, mas é fofo! Parece uma canetinha…

Etude.079

Ele não é tão pigmentado quanto o da Revlon, mas nem todas as cores de Lip Butter da marca o são. Comprei a cor vermelha porque pesquisei e vi que era bastante pigmentada mesmo nos lábios. Aqui tem um post sobre eles e todas as cores disponíveis nos EUA.

Assim, eis as amostras nos lábios e no lenço, após limpar os lábios:

Etude Revlon.078

Ah, tem mais produto na bala dos brilhos além do exposto, eu não rolei até em cima!

Essa amostra é com uma passada de produto. Se adicionar mais camadas, a cor ficará mais intensa. Dependendo do meu humor (e da roupa!) eu aplico mais de uma camada!

Eu gostei desse tipo de produto, pena que os “bons” (Clinique, Revlon, etc.) não tem precinhos camaradas como esses da Coréia. E pena que o da Coréia tem apenas algumas cores… E demora um mês para chegar…

Se você conhece um produto como esse que seja BBB, compartilhe, please!

🙂

grav

Compras na Beauty Joint!

Um mês depois e em meio a greve dos Correios, eis que chega minha encomenda feita ao site beautyjoint.com.  Este é um site simples, com marcas baratinhas e boas como a Milani, por exemplo. Comprei quatro produtos para mim (imagem abaixo) e dois produtos para fazer um agradinho para duas amigas. 🙂

BeautyJoint.059

São produtos bem simples, como os blushes, e até fora de linha, como a base Mineral Mousse da Revlon. A base é um pouco complexa de se lidar, então ainda estou tentando aprender a aplicá-la… No momento, estou tendo êxito aplicando uma camada da base misturada com a loção cremosa Hidrafil, ou esta camada seguida de uma camada retoque só da base. A cobertura é baixa e, embora eu não precise de cobertura alta, algumas vezes sinto necessidade de aplicar um pouco mais para cobrir as partes rosadas do meu rosto. A aparência é muito natural: o clássico “você, porém melhor”. No entanto, aplicada desta forma, ela transfere um pouco. Três horas após aplicar (sem primer), eu notei meus poros bem visíveis. Talvez aplicando só a base isso não aconteça. Eu estava com a pele ressecada quando recebi a base, então foi difícil aplicar só a ela porque é bastante densa, mas tentarei novamente…
O soft matte lip cream da NYX comprei após experimentar (e gostar) do seu irmãozinho na cor Amsterdan. Porém, a cor Antwerp me parecia menos rosa do que realmente é… É um belo rosa/coral (dependendo da luz) para o verão.
Essa compra começou pelo lip cream, mas eu logo vi a quantidade de blushes no site e, como eu já conheço a marca Jordana, li um pouco mais e resolvi comprar UM blush, que logo viraram dois.

BeautyJoint.060

O blush da Jordana na cor Sunlit Bronze foi comprado na tentativa de achar um blush avulso que fosse igual ou muito parecido com o blush Holiday Opaco que tenho em um kit (paleta) da Contem 1g. Como as cores que a gente escolhe nos sites de compra não são fiéis, pesquisei as fotos em blogs e este pareceu o melhor candidato, mas acabou sendo mais claro do que o desejado. 😦

BeautyJoint.061

Na pele a diferença não é tanta, mas definitivamente não são iguais… #alokadoblush
Quanto a durabilidade, o blush da Jordana dura umas quatro horas. Ele vai desaparecendo gradualmente. Notei também que ele dura mais quando aplico base líquida/cremosa do que quando aplico base em pó, afinal, no pó ele não tem algo para se grudar…

Segue a imagem das amostras em um look ao estilo “no makeup makeup”.

Amostras.064

OBS.: rolou um corretivo nas olheiras também…

O preço dos produtos foi muito camarada, porém o site cobra frete para entregar no Brasil e, como citei antes, demorou mais de um mês…

grav

Compras na Sephora!

Uhuuuu! Minha primeira compra na Sephora no Brasil! Online, claro, já que Porto Alegre não é importante o suficiente para ter uma Sephora.
Eu me rendi a uma compra na Sephora por uma razão apenas: nas compras acima de R$70 você ganhava uma miniatura da máscara they’re Real da Benefit (que custa R$50!!!). Como toooooodo mundo já falou que esta máscara é a melhor do mundo eu resolvi adquirir e não seria pagando o absurdo de R$50 em 3g de produto! Com isso, comprei alguns produtos que me eram interessantes ou geravam uma certa curiosidade…

comprasephora.002

Eu fiquei bem feliz com as compras e bastante surpresa com algumas!

O é bem suave e, pelo que ouvi falar, controla a oleosidade. Eu comprei ele por ter uma embalagem bem fina que se encaixa melhor na minha bolsa e por ter FPS 30, que ajuda a retocar o protetor solar ao longo do dia.

O lápis labial tem uma cor ótima, que dá para usar com muitos tons de vermelho! Eu comprei porque me borro toda ao passar batom vermelho (boca torta :s) e o lápis ajuda bastante.

O blush. Ah, o blush… Eu tenho problemas em encontrar O BLUSH que ficará ótimo para sempre, sabe? Eu tenho tantos e de tantas cores… Mas nenhum realmente opaco. Não que eu estivesse esperarando um blush opaco ao comprar este, mas enfim! Eu queria muito comprar a cor pêssego, mas algumas meninas diziam ser mais um iluminador do que um blush. Realmente, a cor pêssego tiver tanto brilho quanto este mauve, geeeente… É brilho pra vida! Eu comprei o mauve porque esperava que fosse um rosa antigo MESMO, mas ele está mais para rosa rosa. Eu sonho com um blush pêssego há muito tempo, mas recentemente soube que ele não seria ideal para minha pele. Eu tenho a pele clara, mas graças a MAC eu descobri que é clara com fundo amarelado e que para este tom de pele o ideal seriam cores rosadas (do claro ao escuro), bronzeadas e nunca alaranjada ou pêssego (#chateada). Assim, frustrou minha idéia do pêssego. Em compensação, achei um bronzer nas coisas da minha mãe que ficou bem legal e acho que logo vai ser meu (minha mãe sabe  quase ZERO de maquiagem, ou melhor, não tem a paciência necessária para o ritual completo – bronzer, iluminador, etc.).
Também, eu estava muito curiosa com um blush em creme (ou mousse…), pois minha tentativa com o blush em creme da linha Candy da Panvel foi muito frustrante. Neste ponto eu gostei deste da Maybelline, pois espalha bem.

O curvador elétrico da Sephora só valeu a pena porque paguei 60% mais barato. Não me entenda mal, ele “funciona”, mas R$70 em algo que levemente curva seus cílios não dá, né? Ele será meu curvex de bolsa, para aquele momento de dar um “up” na make do dia.

O Lip Butter me surpreendeu muito. Ele é realmente muito pigmentado para um produto que seria um hidratante com cor. Porém, vi por aí que não são todas as cores que tem pigmentação forte. Este vermelho é muito bonito e, eu que sou bem discreta, consigo usar sem problemas! O “problema” é que ele não hidrata para um hidratante labial, mas também não resseca como alguns batons.

E, enfim, a razão de todas as aquisições: they’re Real! Eu gostei bastante e logo notei que o segredo é realmente o aplicador. Ele é super espinhoso e bem firme. Pessoas menos coordenadas deveriam ter cuidado porque se aquilo pega no olho… Os meus cílios são até de bom tamanho, mas eles são para baixo :(. E, claro, em um olho são mais arqueados que do outro :/. Então, como o they’re real funciona mesmo, acaba um olho ficando com cílios mais elevados que o outro e eu tenho que baixar! Hahaha. Triste ser eu, ok?!

Resumindo, todas as compras foram boas, mas o curvador de cílios e o they’re Real! não valem o preço cobrado. Eu consigo o mesmo efeito com um curvador manual de R$15 e uma máscara de R$30, o que é uma boa economia…

🙂

P.S.: As imagens de produtos são provenientes de sites de compra via internet.