Dica de Cozinha: macarrão de uma panela só!

Há tempos eu havia visto posts com esse título no Pinterest, mas nunca me interessei em fazer. Pois foi em um dia de preguiça extrema que resolvi dar uma chance. Havia sobrado duas sobre-coxas de frango da refeição anterior e então resolvi usá-las no experimento.

A idéia é simples: você coloca em uma só panela o macarrão, o molho, os temperos e o que mais quiser adicionar, adiciona 250ml de água aproximadamente para casa 100g de macarrão e deixa a mágica acontecer! Como eu gosto de molho, usei 300ml de molho de tomate pronto para essa refeição para dois. Para mostrar o passo a passo, criei um GIF. Confere aí:

Almoço de uma panela só

Como o macarrão era longo demais para a panela, cortei na metade. Usei a variedade integral pois é praticamente a única que tenho em casa há um ano. A escolha do tipo de macarrão é importante, pois é ele que decidirá se sua massa ficará boa ou não. Eu vi receitas com spaghetti, fettuccine, penne, farfale… Acredito que todas essas massas “mais finas” e separadinhas… Tentei fazer novamente usando aquelas massas caseiras em ninho e vou uma decepção pois ela não só cozinhou de forma desigual, como se partiu todas assim que mexi na panela. Então, não arrisque e siga nas tradicionais não caseiras!

Embora eu tenha colocado os ingredientes de forma a tirar a foto e mostrar todos, o ideal é você colocar a massa primeiro, seguida do molho e da água (preferencialmente já misturar o molho e a água antes de colocar na panela), os temperos e os demais ingredientes. Dê uma leve mexida na panela apenas segurando pelas alças e deixe em fogo algo até abrir fervura. Baixe o fogo e deixe coberto por cinco minutos. A partir de então, mexa periodicamente na panela a fim de não deixar que a massa grude no fundo e teste o ponto do macarrão. Se o molho estiver muito aguado e o macarrão estiver quase no ponto que você gosta, aumente o fogo e deixe destampado para que a água evapore e o molho engrosse. Caso o seu molho esteja secando e seu macarrão ainda não esteja no ponto, coloque um pouco mais de água para que o macarrão cozinhe por mais algum tempo. Eu gosto de MUITO molho, na verdade eu gosto de molho com massa e não massa com molho… Então, quando ainda estava bem molhadinho e o macarrão perfeitamente al dente, desliguei o fogo e coloquei o queijo ralado que se fundiu ao molho e ficou uma maravilha! Eu jamais havia conseguido deixar o macarrão no ponto que eu gosto (aquele ponto em que está cozido, mas firme) até fazer esse prato. Estou maravilhada!

Isso realmente revolucionou a maneira de fazer macarrão para mim. Eu AMO massas, mas não gosto da quantidade de panelas que precisava utilizar, ainda mais aquela espagueteira gigantesca que ocupava um espaço enorme no escorredor de louças – eu não seco louças pois lavar já é castigo suficiente!

Fique atento aos seguintes detalhes:
1. Caso não esteja usando molho industrial, adicione azeite na sua preparação. Os molhos industriais tem bastante gordura e isso ajuda a manter o macarrão solto.
2. Lembre-se de não se aventurar nas massas caseiras…
3. Fiz este teste com massas recheadas, como raviolli, e também funcionou. Tudo depende do quão bem envolvida está sua massa pelo molho…

Se aventurem e me contem!

😉

Anúncios

Pé de Moleque de Leite Condensado

(Scroll down for English!)

Que tal assistir ao jogo do Brasil em clima de Festa Junina?

Pedemoleque.261

Essa receita é extremamente fácil!

Ingredientes:

1 lata de leite condensado
500g de amendoim descascado e torrado
1 xícara de açúcar

Preparo:

Adicione os os ingredientes em uma panela e misture.

Pedemoleque.262

Em fogo baixo, mexa até que a mistura comece a desgrudar da panela, como quando fazemos docinhos. Quanto mais tempo cozinhar, mais durinho ficará o leite condensado, exatamente como quando fazemos docinhos. Desligue e deixe repousar enquanto você prepara o local onde endurecerão. Testei de duas maneiras: forrei duas assadeiras, uma com folhas de alumínio e outra com filme plástico. Com uma colher de sopa, peguei colheradas da mistura e coloquei nas assadeiras com ajuda de outra colher. Alguns minutos são o suficiente para que a mistura esfrie e endureça, mas deixa ao menos 15 minutos para ter certeza, ou coloque na geladeira para acelerar o processo. Quando tirei os doces das assadeiras, achei mais fácil aqueles que estavam sobre o filme plástico. Aqueles que estava sobre a folha de alumínio grudaram um pouquinho mais rasgando o alumínio.

Pedemoleque.263

 

Adorei essa receita pois é rápida – o processo todo durou menos de uma hora, da panela ao estômago! Além disso, é macia, o que não acontece com os pés de moleque de melado.

😉header

Candied Peanuts

Ingredients

1 can of sweet condensed milk
500g of peanuts, pealed and lightly toasted
1 cup of sugar

How To

Combine ingredients in a pan and stir constantly over low heat (first image). Mixture will thicken as it heats, until it starts to let go of the pan, as seen in second image (about 10 minutes). Let cool off as you sit parchment paper on a cooking sheet. With a tablespoon or an ice cream scoop, drop the mixture onto the paper and let it cool for about 15 minutes (second image) or refrigerate it for a bit less.

This is great for those moments of PMS when all you want is something very sweet and very easy, but not chocolate! Haha. Actually, you can add chocolate or cacao to the mix by mixing it with the sweet condensed mil before adding the peanuts. Voilá: A new candy!

This is a twist on a Brazilian candy that is very popular during this time of year, when we celebrate several catholic saints in what is called “June’s Fest”.

😉Rak.001

Macarrão com Cogumelos

Êeeeeeee! Adoro massa!!!

Essa receita é muito boa! Ela é rápida, prática e muito gostosa. A história dessa receita é a seguinte: há cerca de sete anos, meu pai trouxe para casa uma massa muito gostosa que ele havia comido no almoço e eu simplesmente AMEI. Como o restaurante só abre em dias úteis e apenas no horário do almoço, a possibilidade de eu conseguir comer a dita cuja era mínima.  Então, comecei a fazer a receita como eu achei que era feita no restaurante. Ela não é igual ao restaurante por uma questão de praticidade, mas é boa para caramba! Foi o primeiro prato que fiz para meu noivo e, olha, acho que é por ele que estamos juntos até hoje. Hahahaha.

Então, vamos lá!?

Macarrão com Cogumelo
(inspirada na receita do restaurante Nutri Vida (POA,RS))

Ingredientes:

250g de macarrão (utilizei penne integral, mas pode ser qualquer tipo)
150g de cogumelos in natura (paris ou castanho) cortados em fatias
1 cebola grande picada
3 c.s. de molho de soja (shoyu)
400ml de creme de leite (usei light, mas se usar em lata, tire o soro que fica mais cremosa)
sal e pimenta

Modo de fazer:

Cozinhe a massa de acordo com o fabricante. Enquanto isso, em uma frigideira grande ou panela de boca larga, doure a cebola e adicione os cogumelos. Quando estiverem dourados, adicione o molho de soja, mexa e deixe evaporar por um minutinho. Tempere ao seu gosto, lembrando que ainda será adicionado o creme de leite, e retire do fogo. Adicione o creme de leite mexendo até que esteja homogêneo. Escorra a massa e misture o molho na massa.

Nota: eu acho que a receita original é feita com requeijão, pois é o molho é mais consistente. Eu uso creme de leite porque não costumo ter requeijão em casa. Acredito que é possível fazer um molho branco para diminuir ainda mais a quantidade de gordura, assim como usar molho de soja light para diminuir o sódio da receita. Também, pode aumentar a quantidade de cogumelo!

Macarrão.054

Você pode ver que eu gosto mesmo é de mudar as receitas, né?! Essa semana estou fazendo um curso rápido de sobremesas e em cada receita e montagem eu penso em todas as diferentes maneiras que eu poderia fazer aquele prato… Eu acho gastronomia uma coisa muito legal, mas tudo que TEM QUE ser feito de uma maneira para estar certo já acaba com minha animação. Eu sou a favor da criação, de “sentir” a comida. Se a liberdade tá na alma, ela quer ir pro prato, ora! Eu não sou uma pessoa rebelde, mas sinto cada vez mais a necessidade de “pensar fora da caixinha”…
#cozinharebelde

grav