Pele, Cabelos e Corpo na Gravidez e Pós Parto

Gravidez

Se tem uma coisa que eu muito ouvi no início da gravidez foi sobre as mudanças que ocorreriam. Cada mulher me dizia uma coisa: “Gravidez de menina te deixa feia.”; “Gravidez de menina te deixa linda.”; “Sua pele vai ficar horrível.”; “Seu cabelo vai ficar incrível.”. Pois bem. É minha vez de dizer o que aconteceu de verdade!

Logo que engravidei, notei algumas mudanças, mas foi no segundo e terceiro mês que elas se consolidaram. Minha pele e meu cabelo deixaram de ser oleosos. Foi o milagre do milênio! Eu cheguei a trocar de produtos de limpeza e hidratação. Passei a utilizar solução micelar (La Roche-Posay) para limpar a pele e hidratante para pele seca (Hydra+, ROC). Eu cheguei a usar Bepantol no nariz e no queixo em alguns momentos do inverno, algo completamente novo para mim! No entanto, em dois momentos eu tive espinhas: no terceiro e sétimo mês de gestação. Além dos produtos citados, eu utilizei o Kit Microdermoabrasão da Mary Kay durante toda a gestação, pois pesquisei ao máximo e não achei nenhuma contra-indicação do produto. A questão do uso dele na gestação é restrita ao fato de ser um produto de atrito, que pode machucar a pele sensível. No entanto, eu passei a fazer bem menos fricção na aplicação. Não tive problema nenhum com o produto em todo esse período.

Meu cabelo também deixou de ser oleoso e eu passei a lavá-lo de duas a no máximo três vezes na semana. Normalmente eu lavava duas vezes na semana e, se preciso, usava shampoo a seco por um dia. No entanto, no segundo/terceiro mês de gestação meu cabelo ficou estranho, parecia que estava sempre com resíduo, como se não conseguisse tirar completamente o condicionador no banho. Já com relação ao ressecamento do cabelo, senti maior necessidade de utilizar óleos finalizadores após secar com secador.

Na pele do corpo eu passei a usar exclusivamente óleo de amêndoa extra virgem, principalmente na barriga. Eu não senti a pele do corpo ressecada então passava óleo nas pernas e braços apenas uma a duas vezes na semana, mas na barriga e nos seios a aplicação era diária e concentrada. No entanto, quando o sétimo mês chegou trouxe com ele algumas estrias. Fiquei chateada, mas sabia que era possível, não é? Passei, então, a utilizar também o creme Luciara, da Bayer, específico para gestantes e estrias. No entanto, foi em vão. O creme não só não preveniu mas também não amenizou, e a embalagem diz fazer ambos. No final da gestação, minha barriga que tanto lambuzei com óleo e creme, ficou completamente marcada de estrias grossas, vermelhas e doloridas. Dá para criar uma linguagem totalmente nova baseada nas marcas na minha pele! >.< Eu sempre tive tendência a estrias, mas imaginava que as estrias já adquiridas na adolescência eram devido a falta de cuidados com a pele, mas pelo jeito o estrago acontece cuidando ou não. É uma questão de pele mesmo! Minha barriga cresceu mesmo a partir da metade da gestação, e no último trimestre cresceu seis centímetros em largura (ao redor da cintura) e sete em “profundidade” (medindo o crescimento do útero em si). É bastante coisa…

Já no pós parto, exatamente uma semana depois de ter o bebê, meu rosto explodiu com “espinhas internas” por todos os lados. Sabe aquelas espinhas que não eclodem mas ficam por dentro da pele, só fazendo volume? Exatamente essas. Na testa, queixo, bochechas e até pescoço. Só o nariz se salvou! Como a amamentação impede o uso dos mesmos produtos que não se pode usar na gravidez, apenas estou lavando o rosto com o Gel de limpeza 3 em 1 para pele oleosa da Mary Kay, com uso eventual do hidratante e spray de vitamina C da The Body Shop.
O cabelo ainda não voltou a ser oleoso e espero que nunca mais volte! 😀 No entanto, por via das dúvidas, cortei o cabelo um dia antes do parto. Ainda bem que deu tempo! Só não deu tempo de fazer as unhas para esperar ela chegar… >.<
Na pele, as estrias continuam vermelhas e ardendo bastante. Agora uso, além do óleo, o hidratante corporal TimeWise da Mary Kay. Já li por aí que é bom usar o Kit Microdermoabrasão nas estrias, mas como meu abdômen ainda dói da cirurgia, acho melhor esperar um pouco para poder fazer pressão no local…

Na gravidez eu tinha um limite de ganho de peso estabelecido: sete quilos. Tudo parecia muito favorável a me manter dentro do limite, mas os últimos meses são realmente complicados tanto fisicamente, pois os exercícios são bem limitados, quanto emocionalmente, e a comida venceu minha força de vontade. Eu não sei quantos quilos ganhei porque não me pesei na semana que ganhei o bebê, mas pelo menos onze quilos eu sei que engordei. No entanto, uma semana depois do nascimento eu já tinha perdido quase tudo que ganhei, faltando apenas dois quilos. Mais uma semana e eu estava de volta ao peso que tinha quando engravidei. Claro, isso sem fazer dieta, embora as “porcarias” estão sendo consumidas em nível mínimo, ou exercícios. Essa foi a perda natural do que realmente saiu com o nascimento mais o que provavelmente se perde amamentando, comendo e dormindo mal, como todo início de vida com um recém nascido…
Eu sinto falta de acordar e fazer os alongamentos e até os exercícios para o parto que eu fazia até algumas semanas atrás. Mas ainda é complicado acordar e não pensar em qualquer outra coisa se não pegar o bebê e amamentar. Lavar o rosto? Fazer xixi? Isso fica pra depois. Tudo fica pra depois! A prioridade é automaticamente ela… Inclusive, escrever os últimos três posts foi uma odisséia de muitos dias, porque os intervalos de folga são muito pequenos. Ainda existe um mundo novo com o qual é preciso me acostumar! 😀

Moral da história: cada organismo é único! O que aconteceu com sua mãe não necessariamente vai acontecer com você. É interessante pesquisar e se informar, mas é importante entender que as experiências são únicas e não se prender ao que aconteceu com outra pessoa…

😉

P.S.: Mais sobre gravidez? O Segundo TrimestreO Primeiro Trimestre.

Anúncios

Vídeo: Produtos que usei e gostei (ou não)!

Mini resenhas são sempre uma mão na roda na hora que bate a curiosidade sobre um produto, né? Então, aproveite esse vídeo com alguns produtos que deram e muitos que não deram certo para mim! 😉

Clique aqui para ser direcionado para o vídeo!

😉

Favoritos: Ano de 2014

Favoritos do Ano.137

 

Está uma coisa que se não houvesse o blog eu jamais teria notado: os favoritos do ano.

Eu considero favoritos os produtos mais usados ao longo de um ano ou os mais amados nesse ano. Achei interessante como foi fácil escolher esses produtos! Então, vamos conferir? Clique nas palavras coloridas para ver a resenha.

1. Sabonete Dove- todas as apresentações:
Eu adoro sabonetes! Já usei dove algumas vezes mas por alguma razão eu achava caro. Eu pagava R$9 em um sabonete da Natura, às vezes, mas achava o Dove caro. >.< Que incoerência, né?! Mas desde que peguei uma promoção de Dove baunilha e carité (que coisa mais doce, mas o Leandro adora baunilha…) e passei a fazer natação, Dove virou meu produto de corpo número um! Sempre tive problemas com hidratação das pernas, principalmente, e esse ano não notei o problema. Eu até uso óleo de banho de vez en quando, mas como tomo banho no clube e não quero demorar no banho e tal, nem encher de óleo o banheiro coletivo, o Dove fez as vezes de sabonete hidratante muito bem! Gostei tanto que agora só tem Dove no meu estoque!

2. Uniq one All- in- One Cleansing Balm:
No início eu não gostei do produto, mas quando aprendi a usar, adorei! Ele também caiu super bem na história da piscina, pois já matava dois coelhos com uma cajadada só. O “ruim” é que o produto precisa ser esfregado com vontade, o que não é vantagem depois da natação com os braços cansados.

O Uniq One é um produto bom que limpa e hidrata o cabelo ao mesmo tempo. Pena que é difícil de achar e, quando se acha, é caro! Mas é digno de favoritar…

3. Shampoo a Seco Batiste – Toque de Castanho:
Eu conheci o shampoo da Batiste no ano passado, mas aprendi mesmo a usar nesse ano. Como eu havia gostado do produto, comprei a versão para cabelos escuros e aprovei! É verdade que até usei menos do que esperava, pois o Uniq One parece fazer com que a oleosidade do meu cabelo demore mais a aparecer – aquela idéia de “hidratar a oleosidade” funciona-, mas ele cumpre muito bem ao que promete e salva o cabelo na hora da preguiça ou da falta de tempo! Do dia 20 a 22/12, agora, fiquei sem luz. Sim. Todo esse tempo! Como eu não tive coragem de lavar o cabelo com a água gelada – ainda por cima o clima estava frio -, esse shampoo salvou minha vida! Haha.

4. Creme de Limpeza 3 em 1 (gel) para pele mista a oleosa – Mary Kay:
Esse ano usei o gel quase que durante o ano todo! Eu gosto muito desse produto pois acho que ele limpa bem o rosto e demaquila quase tão bem. Digo quase, porque às vezes sinto a maquiagem tão pesada que preciso passar ou mais produto, ou limpar duas vezes. Eu gosto da leveza do gel, do fato de não ter cheiro e limpar sem ressecar minha pele! Além disso, tem benefícios anti-idade. Como não amar?

5. Fluido Hidratante Facial MD Multi-definição – Contém 1g:
O hidratante da Mary Kay só não entra nessa seleção porque o MD consegue fazer algo que nenhum outro é capaz: impedir que minha pele descame no inverno. Ao menos em 2013, ele foi o único. É verdade que eu não testei o da Mary Kay sozinho para ver se ele também tinha esse poder… Mas eu simplesmente não quis arriscar. Usei o MD esse inverno quase que diariamente e também na viagem para a Alemanha, onde o clima é mais seco, e não tive os mesmos problemas dos anos anteriores. Que alívio! Uso o produto sempre que sinto estar precisando de uma hidratação mais potente e sei que isso não deixará minha pele oleosa. Antigamente eu usava o Nivea Creme, mas ele deixa a pele super oleosa. Hoje eu uso ele só nos pés! Haha.

6. Kit Microdermoabrasão (Pelling de Cristal) – Mary Kay:
Esse produto não tem comparação. Tenho certeza que será um favorito para a vida! Não conheço outro produto com a capacidade de “limpar” a pele do modo que esse faz, porque ele não é um esfoliante, ele é muito mais que isso!

7. Demaquilante para Área dos Olhos – Mary Kay:
Esse demaquilante é bom demais! Ele me lembra muito o Bi-Facil da Lancôme, só que com um preço realista! Haha. Eu gosto porque ele não irrita a região e também não deixa oleoso. Mesmo nas partes mais difíceis como bem rente aos cílios inferiores, eu utilizo ele com cotonete e não gera irritação nos meus olhos! ❤

8. Corretivo Yellow – Mary Kay:
Dos vários corretivos que tenho, esse é o que entra em cena nos dias de olheiras intensas, pois ele realmente faz a diferença. Eu gosto porque ele não acumula muito nas linhas e, dependendo da maquiagem, nem preciso passar corretivo cor da pele por cima!

9. Máscara de Cílios Lash love – Mary Kay:
Essa é a máscara que uso quando quero que meus cílios fiquem poderosos. Eu demorei bastante para aprender a aplicar máscaras, mas depois que aprendi essa é a que me dá melhor resultado! Gosto de todas as cores que tenho e acho um charme as coloridas nessa época de verão. O mais incrível é que tenho ela há muito tempo e não noto mudança significativa na consistência, o que é, honestamente, a principal razão de colocarmos a máscara fora. Sim, sim, eu sei: máscaras devem ser trocadas a cada dois meses devido aos microorganismos e zzzzzzzz.

10. Delineador Líquido – Mary Kay:

Melhor delineador EVER! É meu delineador preferido porque é o único até hoje que fica intocado por 12 horas nos meus olhos encapsulados. Não carimba, não borra, não dá preocupação!

11. Sombra Mineral Espresso – Mary Kay:
Essa sombra é o marrom mais coringa que existe! Vai do dia-a-dia ao visual festa em segundos. Não dá para viver sem.

12. Sombra Little Round Pot 54 – Bourjois:
Eu nunca pensei profundamente sobre essa sombra em particular até esse momento, pois quando fui escolher os produtos, ela foi uma dos primeiros. Desde que comprei essa sombra, uso-a sempre que quero “esquentar” o olhar ou fazer o look básico com uma pitada de brilho. E isso acontece com muita frequência…

13. Blush Mineral Shy Blush – Mary Kay:
Desde que comprei esse blush ele é um favorito. Eu não uso sempre, mas acho um dos mais versáteis e, particularmente, acho que fico muito bem com ele! 🙂 Além disso, ele é considerado dupe do famoso Orgasm da Nars…

14. Réplica Naked Flush da Urban Decay:
Essa paleta não está nos favoritos porque tem as melhores cores e sim porque é muito prática. Ela reúne os três elementos de valorização do rosto em um único produto e isso é ótimo para levar em viagem ou aplicar tudo de uma vez, sem pensar muito, na correria!

15. Réplica Pincel F80 da Sigma:
Esse pincel é bom demais! Ele já está com o cabo quebrado mas continua ótimo, afinal, o que importa são as cerdas! Haha. Ele dá um acabamento perfeito e é bom para aplicar o produto em si (base, BB cream…) ou apenas finalizar dando uma “polida” no look.

Acabou? Acabou!

Vocês podem notar que não escolhi nenhuma base nem BB Cream, não é? Eu demorei um tempo pensando e não consegui decidir entre os produtos que tenho, então pensei: “Se não consigo decidir é porque não tem favorito!”. Simples assim! 🙂

Vocês podem ver que não são muitos produtos, na verdade não é nem um produto por categoria. Se você é ligada no blog, sabe que eu não sou a favor de ter muitas coisas, sejam elas baratas ou caras. Sou a favor de ter aquilo que é necessário, lhe faz bem e cabe no seu orçamento. Maquiagem e beleza em geral não deve ser um “desfile de moda”, mas sim a expressão de quem você é e o que sente… E se tem alguma coisa que não precisa de um valor financeiro, essa coisa somos nós mesmos!

P.s.:Eu juro que não é um post de favoritos da Mary Kay, mas acontece que eu gosto de muitos produtos da marca… Sorry! 

🙂

Vídeo: produtos acabados nos últimos tempos

Adoro assistir vídeos de produtos alheios, então resolvi fazer um meu! >.<

Vocês já devem saber que eu falo para caramba, então… Sorry!

🙂

bolsa20140818

 

Aproveite também essa promoção da NARS: bdf3de49-f3aa-47a8-9dcc-0e605d455b87

Clique nas imagens e aproveite!