Corretivo Perfecting Concealer, Mary Kay

Sim, gente! Um produto! Hahahaha!

Há alguns dias não resisti e comprei alguns produtos da Mary Kay e o Corretivo Perfecting Concealer foi um deles. Eu precisava de um corretivo? Não. Tenho uns seis! Mas esse é “novo” e minha amiga maquiadora, Carla, adentrou no mundo Mary Kay e tinha uns produtos dando sopa… Bem. Eu não sou de ferro! Haha!

Como já mostrei por aqui, eu não uso quase nada de maquiagem, mas de vez em quando rola um tempo e a gente dá uma treinada para não perder a mão (ao menos não por completo >.<).

Esse corretivo entrou em linha há algum tempo no lugar dos corretivos clássicos, dos quais só ficou o famoso Corretivo Yellow. O valor regular de venda é de R$ 59,90, o que é bastante mais alto do que os corretivos anteriores. No entanto, essa fórmula traz benefícios que os demais não tinham, além de um aplicador mais prático e uma embalagem mais elegante. São sete cores disponíveis, sendo seis tons de pele e a cor pêssego, indicada para correção de olheiras. No entanto, o site não apresentou essa cor dentre as opções de compra.

Segundo a marca:

O Corretivo Perfecting Concealer Mary Kay cobre manchas, vermelhidão e esconde imperfeições garantindo a pele perfeita que você procura! Com uma embalagem moderna que possui uma janela de visualização de cor ficou muito mais fácil você identificar a cor do seu corretivo: Pêssego para neutralizar olheiras, sua cor de pele para cobrir espinhas e manchas e outros tons mais claros ou mais escuros para iluminar e contornar, criando diversos efeitos no seu rosto. Sua fórmula leve, não comedogênico e à prova d’água, espalha-se com facilidade, seca rapidamente e garante cobertura duradoura. E além disso, também possui antioxidantes que ajudam a proteger a pele contra danos de radicais livres.

O Corretivo Perfecting Concealer Mary Kay possui um aplicador preciso e textura ideal para ser espalhada com facilidade. Com o aplicador da embalagem deposite de um a três pontos do corretivo na área desejada e espalhe gentilmente com a ponta dos dedos, com o Pincel para Corretivo ou com a Esponja Cosmética. Confira as dicas abaixo de uso do corretivo que possui várias utilidades!

Ainda, no site da marca você encontra dicas de aplicação para diferentes efeitos.

Minha cor é a Light Beige, indicada para quem utilizava a cor Beige 1 do corretivo “antigo”.

Não poderei falar de todos os pontos do produto, pois só utilizo para cobrir olheiras.
Diferente do que indica a marca, eu coloco muitos pontos de corretivo, como mostra a imagem abaixo. 😛

[Se você é nova por aqui e não conhece a história das minhas sobrancelhas, clique aqui!]

Achei a textura de uma cremosidade bem consistente, mais consistente que os corretivos clássicos da marca. Espalho dando batidinhas com os dedos e cubro, inclusive, a pálpebra. É importante dizer que quando a marca diz que ele seca rápido, ela não mente! Só no tempo que demorei para tirar a foto do “durante”, ele já ficou mais sequinho. O mesmo acontece com os corretivos da fórmula anterior.
Achei a cobertura de média a alta, mas não tentei construir camadas.
Abaixo, a imagem do “antes e depois” (Clique na imagem para visualizar em tamanho completo).

Notei que, comparado ao corretivo “antigo”, Beige 1, o Light Beige é mais amarelado. Isso não me incomoda porque ajuda no disfarce das minhas olheiras, porém, não me dá o mesmo efeito com leve iluminado que eu obtenho com Beige 1.

Também, depois de aplicado ele dá uma leve acumulada na pálpebra e não “segura” bem a oleosidade local. Abaixo é possível notar o brilho da pálpebra antes do corretivo estar selado com pó facial.

Depois de selado, notei uma maior evidência nas linhas abaixo dos olhos (envelheci uns cinco anos depois de mãe…). Mas além disso, não houve acúmulo de produto e ele ficou bem sequinho.

Fazia calor no dia das fotos e me mantive maquiada por seis horas. Nesse período não notei nenhuma mudança no corretivo. É importante dizer que não apliquei base, apenas pó, por cima do corretivo; Mas apliquei primer por baixo. Abaixo, segue a imagem do corretivo após seis horas de aplicação. Como dizem por aí: “Achei digno!”. Na verdade, achei ótimo! Não só tudo se manteve em seu devido lugar, como por milagre, minha máscara de cílios não borrou! Sempre, SEMPRE borra se não aplico máscara à prova d’água. Dessa vez, apliquei uma máscara “normal” e disse pro marido: “Me avisa se borrar em baixo do olho!”. Hehe. Lá pelas tantas ele lembrou de me dizer que estava “tudo ok!”. 😀
Também, na pálpebra, achei um bom resultado, pois as sombras e delineado permaneceram no lugar.

Na possibilidade de estar falando besteira, eu compararia esse corretivo ao Pro Longwear, da MAC. Não posso afirmar com certeza pois eu mesma não o possuo, uso raramente quando, em visita, ataco as maquiagens da minha mãe… Mas, se for mesmo bastante parecido, seria uma ótima opção pelo preço. Mas para falar a verdade, a versão anterior, em bisnaga, já era ótima e o preço melhor ainda. Não sei o que levou à Mary Kay a trocar a linha de corretivos, mas, já que o fez, estamos aí para testar! 😛

😉

Anúncios

Vídeo: Rotina de Cuidados com a Pele

Venho compartilhar com vocês os produtos que tenho usado na minha rotina de pele!

Espero que gostem!

Obs.: Se puderem, deixem dicas de produtos, pois alguns desses já estão acabando e gostaria de testar novos!

🙂

Mais sobre pele? Solução Micelar; Tônico Facial.

Dream Pure 8-in-1 BB Cream – Maybelline (Jade)

PREP POSTS 2014:2015.095

 

Como mostrado no vídeo de compras da Alemanha, comprei o Dream Pure BB Cream da Maybelline há cerca de dois meses em Viena, na Áustria. Eu não conhecia este BB que já existe há mais de ano lá por fora, mas que recém chegou à nossa terrinha. Pelas resenhas que vi, ele foi lançado exatamente no período que eu estava na Europa. Acabei comprando dois, mas nem precisava, não é? Hehe. A menos que a versão brasileira, como a do Dream Fresh, seja diferente da gringa. Aí é fogo…

Segundo a marca (tradução livre):

O primeiro BB cream que combate a acne, ajuda a tratar sua pele com oito benefícios! Com 2% de ácido salicílico, para pele mista a oleosa e com propensão à acne.
O Dream Pure BB Cream é um único passo para pele mais bonita hoje e mais saudável amanha!
– trata a pele;
– corrige imperfeições;
– minimiza a aparência dos poros;
– reduz a vermelhidão;
– se ajusta ao tom da pele;
– hidrata e suaviza a pele;
– melhora e clareia a pele;
– sem óleo e leve na pele

Vamos conferir?

PREP POSTS 2014:2015.096

O que eu achei:

Ele tem uma cobertura bem legal e é confortável. No entanto, nos dias de umidade, eu sinto ele na pele, como se não secasse por completo, o que exige a aplicação do pó. Ainda assim, ele é infinitamente mais seco do que o Dream Fresh, ao menos a versão brasileira (não conheço a versão gringa). Você pode ver pela foto que a pele não fica com aparência totalmente seca, tanto que existe “brilho” na testa. A pele fica, sim, uniforme e a vermelhidão quase imperceptível. Além disso, é possível, para mim, sentir a presença do ácido salicílico porque o produto na pele, tanto o cheiro quanto a sensação, me remetem aos produtos que eu usava na adolescência, como um hidratante com FPS e cor, para pele oleosa, da ClearSkin (Avon), o qual acredito que não exista mais.

Se o Dream Pure BB Cream trata e diminui as espinhas ao longo do tempo, não sei. Desde o inverno não tenho problemas com espinhas. Na TPM, uma costuma dar o ar da graça, mas não chega a se desenvolver… E como não uso o BB Cream todos os dias, não posso afirmar seu resultado em longo prazo.

Eu insisto bastante nos BB Creams, mas a verdade é que eu me sinto mais confortável com as bases que possuo. Como FPS 15 é pouco para nosso Brasél, acho importante uma proteção extra antes do BB ou base e não gosto do resultado protetor solar + BB porque parece muito melecado para mim. Mas uso o BB Cream sozinho quando vou fazer algo rápido, como ir no mercado.

Com relação a segurar a oleosidade, ele, sozinho, segura mais que todos os outros BBs que possuo, mas não faz milagre. Aplicar o pó para finalizar e reaplicar depois de certo tempo é o que melhor “segura”.

Abaixo uma amostra das texturas do Dream Fresh (BR) e do Dream Pure (EU):

PREP POSTS 2014:2015.097

É notável como o Dream fresh é mais líquido. A cor da esquerda é a CLARO no Brasil e a da direita a MÉDIO da Europa. Achei a clara deles rosada demais! A nossa já acho rosada também….

Pelo que vi do Dream Pure Brasileiro, a consistência é a mesma, no entanto, a cor CLARO do Brasil me pareceu muito a média da Europa…

O valor que paguei na Europa é equivalente ao valor do Brasil, então, ponto pra nós!

🙂

P.s.: Mais sobre BB Cream? Dream Fresh BB, Skinfood Peach Green Tea BB, BB Cream para Olhos.

topo-estojo-pinceis2

lancome20141203

Base 1, 2, 3 Perfect – Bourjois

123Perfect.085

 

Comprei a 123 Perfect da Bourjois quando procurava uma base não tão sequinha para levar comigo na viagem para Alemanha. A idéia surgiu depois de ouvir depoimentos quanto ao clima da região. Como minha base preferida, a TimeWise da Mary Kay, é super matte e específica para a pele oleosa, eu resolvi testar essa base da Bourjois, pois a marca é conhecida por suas bases serem bastante hidratantes. No entanto, eu não queria gastar uma grana em uma base que não conseguiria usar depois, não é? Então, procurei a base de acabamento matte da marca e dei o tiro no escuro!

Segundo a marca (tradução livre):

Corrige seus problemas de pele com três pigmentos corretores, deixando sua pele perfeita.
Essa base deixa sua aparência descansada, radiante e perfeita por até 16h.
Seus pigmentos são:
1. Amarelo: corrige olheiras e confere um look descansado;
2. Malva: deixa a pele radiante;
3. Verde: corrige os pontos de vermelhidão para deixar sua tonalidade mais uniforme.
Fórmula leve dá a sensação de uma segunda pele, com 24h de hidratação, FPS 10 e ingredientes como a flor de algodão, para hidratar e manter sua pele livre de oleosidade.

Como podem ver, a descrição fala de hidratação e nada sobre pele oleosa, matte e etc. No entanto, eu li online – e comprovo in vivo 😛 – que o acabamento é semi-matte, o que dá alusão à pele oleosa. Além do acabamento que “me gusta”, a base é de cobertura média.

123Perfect.086

A cor é 52 (Vanilla), é um meio termo entre o líquido e o cremoso e, como pode-se notar na foto, ela realmente trabalha bem com as diferentes colorações na minha pele. As olheiras ficaram ok e as áreas vermelhas não sumiram por completo mas, na minha opinião, ficaram “naturais”. As manchas não desaparecem mas ficam bem suaves.

Usei essa base ao longo de dois meses. Ela serviu ao propósito da viagem, embora eu a tenha trocado pelo novo BB cream da Maybelline no decorrer da viagem… Eu gosto do acabamento, da cobertura e do conforto. Eu já utilizei por longos períodos de tempo e não notei transferência de produto. Já utilizei a base em diferentes momentos e climas e tive problemas apenas quando os dias estão muito quentes e úmidos. Por duas vezes, a base saiu ao redor do nariz e deixou a pele naquele aspecto mosaico, com regiões com e sem base. Isso aconteceu com e sem o uso do primer. É uma pena, pois é uma base leve e com uma boa cobertura. Seria ideal para usar no verão, mas é bom lembrar que comprei essa base exatamente porque queria um toque hidratante para o inverno.

Paguei US$24 no La Riviera Free Shop, em Rivera (UY). É uma boa base, mas o preço, mesmo no free shop, é bastante salgado. Não encontrei em lojas oficiais no Brasil.

Confira a base em looks já postados no blog, como Brilho com Sombras Mary Kay, Verde Brilhoso e Se eu fosse uma sereia

P.s.: Mais sobre bases? Base Líquida Toque de Natureza, Base ColorStay – Revlon.

😉

Blackfryday

Um conto sobre a pele mista a oleosa: resumo do ano

pele.299

Pois já faz quase um ano que postei sobre um “achado” para minha pele mista a oleosa e desde então muita coisa mudou… Também já contei para vocês minha experiência com o sistema 3-passos da Clinique e também dei uma pincelada do que estou usando na pele nesse inverno. Então, agora vou falar um pouco do que se passou entre esses posts…

Em julho passado, eu encontrei os produtos da L’Oréal que mencionei no primeiro post sobre o assunto pele oleosa. Eu utilizei os produtos até o final, e a duração deles foi de aproximadamente quatro meses. Anterior a eles, eu utilizava o sistema 3-passos da Clinique, o qual voltei a usar também depois. Então, até julho, enquanto ainda utilizava Clinique, tive um problema de ressecamento na zona T, logo com os primeiros frios do ano, ali por maio. Tentei amenizar aplicando de duas a três vezes na emana o Creme Nivea – aquele da latinha – antes de dormir. Porém, o problema se estendeu até quando, em uma compra na Contém 1g, eu ganhei uma amostrinha do Fluido Hidratante facial MD da Contém 1g que custa um olho e um rim, no meu entendimento. Eu fiquei maravilhada que aquele produto levinho daquele jeito havia conseguido acabar com a descamacão da minha pele. Assim, ele se tornou um MUST HAVE e eu o comprei assim que entrou em promoção com 50% de desconto, o que aconteceu apenas em Setembro. Então, como eu notei o quanto o produto era potente, passei a utilizar apenas uma vez na semana, após a esfoliação semanal. 

Quando os produtos da L’Oréal acabaram, voltei para o que ainda sobrara da Clinique. Como o ressecamento começou a retornar de maneira leve, passei a usar o tônico apenas uma vez na semana, seguido do fluido hidratante poderosos da Contém 1g. Quando os produtos estavam por acabar, eu acabei me tornando Consultora de beleza da Mary Kay e a utilizar o gel 3 em 1 – limpa, esfolia e tonifica – para pele mista a oleosa seguido do hidratante para pele mista a oleosa, ambos da linha TimeWise, que previne o envelhecimento da pele, ainda aplicando o hidratante potente da Contém 1g uma vez na semana Nesse mesmo período, eu optei por métodos contraceptivos não hormonais e tudo estava bem até março. Em março deste ano eu mudei de cidade. Saí de Porto Alegre para Santana do Livramento e, desde então, minha pele nunca mais foi a mesma. Seja por coincidência, pelo estresse da mudança, pelo clima ou, sei lá, pela água da torneira, desde que cheguei na cidade eu tenho espinhas na zona T. E são muitas espinhas! Se você reparar, elas estão presentes em todas as fotos do meu rosto desde então! Saem de duas a três em dois momentos diferentes do mês e se unem. Minha pele mancha com extrema facilidade e as espinhas são muitas vezes internas. Espremendo ou não, elas marcam minha pele. Mas voltando ao foco, quando me mudei resolvi fazer uma limpa nos produtos e utilizar aqueles que já estavam por acabar, então acabei por usar um produto da Skinfood a base de albumina para limpar a pele diariamente e dei uma folga para o hidratante porque ainda estava quente mesmo… E quando sentia necessidade, utilizava o potente. Notando a regularidade das espinhas, já em junho voltei a me comportar e utilizar apenas os produtos da Mary Kay, adicionando o hidratante potente com mais frequência durante e semana, antes de dormir, para evitar o ressecamento da pele. Realmente, notei pouquíssimo ressecamento nesse período de frio. E as espinhas continuam firmes e fortes. FIRMES -E- FORTES! Hoje mesmo, saíram mais duas! 😦

Eu não sei o que fazer. Não sei se é a alimentação, o clima, o estado psicológico, não sei! Mas é chato. No momento, tenho mais problemas com espinhas do que tive na adolescência. Minha medida será voltar ao método contraceptivo hormonal. Talvez tenha sido isso que regulou minha pele nos últimos muitos anos e, quem sabe, pode voltar regular a oleosidade agora…

Se alguém já passou por isso, compartilha, please!? Soluções são sempre bem vindas.

🙂Rak.001

01-1