Esmalteria Nacional: agora em Porto Alegre

Esmalteria

Em minha última ida a Porto Alegre tive a oportunidade de conhecer um estabelecimento que ainda não conhecia: a Esmalteria Nacional, maior rede de nail bar do mundo. É um espaço que oferece serviços especializados em unhas, mãos e pés, além de um bar onde é possível curtir um happy hour enquanto cuida do visual.

Já tinha ouvido falar do conceito, um espaço de beleza agradável com drinks variados, mas foi surpresa saber que tem um em Porto Alegre, afinal, isso é coisa de grandes cidades! 😉
No entanto, essa franquia já tem representantes em outras cidades do RS, como Santa Maria, Caxias do Sul, Passo fundo, Montenegro e Santiago. Olha que Montenegro e Santiago são cidades bem pequenas, hein?! Fiquei impressionada como Porto Alegre “demorou” para abrir um espaço como esse!

A inauguração oficial da Esmalteria Nacional em Porto Alegre, no bairro Rio Branco, se deu no final de agosto. Acabei conhecendo o lugar “na sorte”, pois estava passando pela frente a caminho de uma consulta médica e minha mãe e eu ficamos na dúvida se o estabelecimento era um salão de beleza ou uma loja de esmaltes. Alguns passos a frente fomos alcançadas por uma rapaz simpático que nos entregou um panfleto do local. Conversando, soubemos que aquela era a primeira semana do estabelecimento e que eles tem diversos serviços além de unhas, como depilação, massagens, design de sobrancelhas… Os cabelos são os únicos excluídos da parada, mas é uma característica da franquia. Já estávamos com tempo de sobra e precisando dar uma renovada nas mãos, quando ele falou duas palavras mágicas: espumante e cupcakes! Hahaha. Como era a semana de inauguração, eles estavam brindando o local com essas duas maravilhas. Eu não pude aproveitar o espumante, mas aproveitei os cupcakes! Foi ótimo, pois eu tinha acabado de passar pela frente da loja de cupcakes, a Baunilha Cupcakes, primeira loja de cupcakes de Porto Alegre, e disse: “Vou resistir!”. O destino quis que eu comesse um cupcake da Baunilha de qualquer forma! Hahaha.

Fomos muito bem tratadas, em um ambiente agradabilíssimo, fofo e descontraído, pelos próprios sócios da franquia local e manicures ótimas. Eu fiquei impressionada porque o preço é bacana, regula com o preço de Shoppings, e o serviço é muito bom. Demorou em torno de 40 minutos e foi muito bem feito, o que normalmente não ocorre nos estabelecimentos de Shoppings (que também costumam ser franquias…). Eles oferecem uma grande quantidade de esmaltes e eu escolhi um esmalte da Granado, para testar. Mesmo lavando louça e cozinhando diariamente, minha mão permaneceu bonita por uma semana. Fiquei muito, muito satisfeita!

No espaço também tem diversas opções de nail art para escolher. Além das películas que já estão por toda a parte, eles também oferecem unhas ombré, de pelúcia, caviar, açúcar, magnéticas, com fitilho, com adesivos, em gel, acrílicas, carimbadas, de jornal, para noivas… Eu nem sabia que tinha tudo isso! Elas devem ter ficados tristes porque eu só queria uma unha básica… Nem filha única eu fiz!
Abaixo tem algumas imagens que pedi para divulgar, mas na fanpage tem várias fotos!

Esmalteria Nacional Porto Alegre

Enfim, achei um lugar ótimo num bairro tradicional de Porto Alegre, a metros de uma cafeteria que serve o legítimo cappuccino italiano e uma loja de cupcakes delícia! Se estiver passeando pela Oswaldo Aranha, vale a pena esticar até a Francisco Ferrer e conhecer o pessoal. É pertinho do Hospital de Clínicas!

Ah, eu vi que eles tem algumas promoções para durante a semana…

A Esmalteria Nacional fica na rua Francisco Ferrer, 362 (Porto Alegre) e está aberta de segunda à sábado das 09h até as 19h.

😉

P.s.: É a primeira vez que eu gosto o suficiente de um lugar para deliberadamente querer escrever sobre ele e divulgar. Fiquei pasma comigo mesma!

1609_ervadoce_aerossol

Anúncios

Esmalte da Vez + Dicas!

 

Mil anos se passaram e eu finalmente posto um esmalte!

Valentine.002

Embora eu tente ao máximo não tirar a cutícula, eu havia me preparado com o alicate para essa tarefa. Passei o óleo Nail Nutrition da Sally Hansen nas minhas cutículas gigantescas e então notei que elas estavam inteiras e bem aderidas à unha. Então pensei: “e se eu não tirar a cutícula?”. Não houve necessidade nem de empurrá-las, pois elas estavam finas e hidratadas porque eu consegui ser constante o suficiente, tendo o cuidado de  aplicar a cera da Granado com frequência! Uhu! Assim, tudo que precisei fazer foi esmaltar! Primeiro passei aquela camada generosa de base, indo além das unhas para que fique ainda mais fácil limpar o esmalte ao redor. Então, pude retirar o excesso apenas com o palito e o algodão e ficou tudo bem!
Se você não conhece as dicas sobre como cuidar das cutículas do site Unha Bonita, clique aqui e confira! Por muito tempo consegui manter minhas cutículas seguindo a fórmula da Dani, mas acabei deixando a peteca cair… Eu evito fazer as unhas na manicure porque mesmo qu eu peça para que tirem apenas o excesso de pele (tenho muita pele acumulada nas laterais das unhas), elas acabam indo além e picotando toda a cutícula e, em geral, meus dedos. Então preciso começar do zero e deixar a cutícula crescer picotada e me dá nos nervos… >.<

Aproveito para compartilhar com vocês essa entrevista interessante que a Vogue divulgou com Jennifer Wiles, diretora do Centro de Treinamento Mavala de Manicures de Londres, sobre as principais dúvidas em relação a cuidados com a manicure. São ótimas dicas e esclarecimentos…

1. O que fazer para manter as unhas perfeitas no inverno?
No inverno, assim como acontece com a pele do resto do corpo, as cutículas e as unhas ficam ressecadas. O ideal é hidratá-las diariamente com produtos específicos (como o Nailactan). Nunca esquecer que o produto corporal não serve, pois as cutículas são mais grossas. Usar creme para as mãos diariamente também é essencial.

2. Você poderia citar 5 práticas que prejudicam o fortalecimento e crescimento das unhas?
Retirar cutículas, pois esse ato fragiliza a matriz das unhas e pode fazer com que elas cresçam fracas e quebradiças; alimentação restritiva; polir as unhas de forma incorreta e excessivamente; usar produtos inadequados no tratamento das unhas; não lixar de forma correta (o certo é num ângulo de 45 graus, das bordas para o centro).

3. E 5 dicas para ajudar no fortalecimento e crescimento das unhas?

Hidratar a cutícula sempre que necessário; usar produtos específicos para retirar o excesso de cutícula sem danificá-la ou agredi-la; ter uma alimentação balanceada, incluindo muito ferro; para cada seis dias de esmalte deixar um dia sem; usar sempre creme para as mãos.

4. Unhas postiças ou adesivos de unha prejudicam a saúde delas?
O que prejudica é a retirada deles. Como eles somente saem com acetona e esse ingrediente é altamente nocivo para as unhas, pois retiram seus óleos naturais, as unhas ficarão fragilizadas e quebradiças.

5. Tirar cutícula faz mal?
Sim. E muito. O correto é não retirar as cutículas com alicate, pois isso machuca a matriz das unhas, favorecendo a proliferação de fungos e bactérias. Pode ocorrer de esses fungos e bactérias atacarem tão profundamente que vão matar a matriz das unhas. Nesses casos, a pessoa sempre terá algum problema nas unhas que nunca conseguirá resolver, pois esses casos são irreversíveis. A unha começa a quebrar na raiz. O ideal é usar um creme específico para eliminar somente o excesso de cutícula, nunca “cutucando” a matriz com nenhum tipo de metal e nem mesmo o palito sem proteção de algodão.

6. Qual o melhor conselho que você daria para as mulheres que querem manter sempre as unhas impecáveis?
Tudo depende dos problemas que as unhas tenham. No caso de unhas saudáveis, fazer a manicure uma vez por semana, usar Cuticle Cream e Cuticle Remover uma vez por semana. Como a pele das cutículas é mais grossa que o restante do corpo, é ideal usar um creme específico para as cutículas para que elas sejam suavizadas. O creme usado no corpo ou nas mãos não serve.

7. Deixar as unhas sem esmalte para que ela possa “respirar” é necessário?
Sim, a cada seis dias de esmalte nas unhas, um dia sem. Mas isso não tem nada a ver com deixar as unhas respirarem. Unhas são mortas, elas não respiram. É mais para que ela fique natural, sem o peso das camadas de esmaltes.

🙂

 

Produtos Recebidos: Mont Bleu

(Scroll down for English!)

Aos amantes do “Links da Semana”, eles estarão de volta na segunda-feira que vêm. Em dose dupla!

Mont Bleu: Swarowski elements

No final de junho, recebi esses produtos direto de Praga, na República Checa, fiquei encantada. Resolvi dividir com vocês em formato de vídeo, só para variar!

Confere aí meu vídeo tosquinho! xD

Meu xodó é a escova! Então deixo vocês com ela em detalhes…

MontBleu.298

Acesse o site da loja para conferir os produtos! Eles não me enviaram – o que e uma pena -, mas eles também apresentam pincéis de maquiagem!

🙂

b3c7dc99-06b0-4fdc-8c7d-5251f36fcb2d

Mont Bleu: first products received

Hey! The products shown in the image above are the first products sent for the blog! I was so happy when the company contact me and even happier as I received the products!

Mont Bleu is a Company from Czech Republic, working with crystalized Swarowski elements. They sent me two glass nail files, one glass foot file, one earring, and one hair brush ass seen in the image above. They also work with makeup brushes, manicure sets, and several other products. Maybe these products aren’t new for you, but here in Brazil they are not easy to find. So I found it very interesting, specially for gifts! I really liked the products, but loved the hair brush! I found it so pretty and feminine. I think this products are perfect gifts for girls! Very feminine and delicate…
Check out their website: http://www.montbleu.eu/

Rak.001

Cutículas, para que te quero?

Ai, as cutículas!

Você também aderiu a “moda” de não tirar as cutículas? E você também está sempre procurando novos hidratantes de cutículas? Pois é! Aqui estão os que já passaram pelas minhas mãos (literalmente):

UNhas

Eu tenho certa dificuldade em manter a rotina de cuidados com as unhas e cutículas por longos períodos de tempo. Minha maior vitória foi em 2010, logo no início do processo. A responsável: a primeira versão da Prime Cuticle, a caneta hidratante desenvolvida pela Dani do Unha Bonita. Nessa época minha cutícula realmente ficou bem hidratada, mas eu (e as amigas que também aderiram) parecia uma louca lambuzando as unhas a cada dez minutos. Assim, não sei se foi a qualidade do produto ou a quantidade do produto que fizeram efeito! Haha. Nessa época eu logo comprei outra caneta, mas perdi (deixei de presente para alguma pessoa feliz em um hotel de Guarulhos). 😦
Para sanar o problema, logo comprei outra caneta. No entanto, a nova caneta era na nova versão bifásica. Essa versão não me fez feliz. Ela pareceu mais líquida e não eficaz. Segui o mesmo ritmo frenético de aplicação e não vi resultado. Mesmo. Acabei deixando ela de lado…

Ao viajar para o exterior, aproveitei para procurar alternativas mais em conta. Comprei, assim, a caneta massageadora Quick Care da Sally Hansen. Aproveitei e comprei logo duas (novamente, agradecimentos ao Jack’s World em NYC). A idéia é boa: você hidrata e massageia sua cutícula e deixa com um cheirinho adocicado devido ao óleo de amêndoas e manteiga de caroço de manga. Funciona? Funcionou pra mim. Porém, como a aplicação não era como a da Prime, pois você tem de massagear a sua cutícula, o uso dela não era tão frequente quanto sua amiga anterior. Ainda assim, insisti na caneta ainda que com menor frequência de uso.

Em algum momento entre uma caneta e outra eu me rendi a vida fácil de duas maneiras: primeiro fazendo as unhas no salão e tirando as cutículas; segundo, simplesmente não fazendo as unhas. Eu sei. Não fazer as unhas é um comportamento tão lá do neolítico… Mas eu passei tantos meses sem nem lembrar a cor natural das minhas unhas que simplesmente deixei acontecer. 😦
Então fiz um esforço e voltei a me interessar pelas minhas unhas…

Estava eu na retomada do uso da minha segunda canetinha da Sally Hansen quando, novamente, deixei ela de presente para uma pessoa feliz em NYC. Ainda bem que eu já estava em Nova Iorque, assim tudo que tive que fazer foi ir até o Jack’s World. Porém, não encontrei a canetinha, e sim o óleo nutritivo de tratamento, Nail Nutrition da Sally Hansen. Eu achei o óleo melhor que a caneta, mas a aplicação é ainda mais chatinha: você aplica como se estivesse pintando as cutículas com um esmalte, pois o aplicador é um pincel. Além disso, o óleo em conjunto com esse método de aplicação deixam a mão melequenta. Acabei diminuindo a frequência de uso com o passar do tempo.

Foi então que voltei para aquele momento de vida fácil quando você se rende a alegria de uma pessoa “atorando” sua cutícula e pintando sua unha quase que semanalmente (quando manicure custava R$12 e não R$20!). Nesse perído ainda tive minha breve experiência como confeiteira, o que impedia (ou minimizava) a esmaltação, o que consequentemente diminuiu meu interesse pelas minhas unhas.

No final do verão deste ano adquiri uma pomada Bepantriz para aplicar após a micropigmentação das sobrancelhas e, ouvindo falar do Bepantol e seu uso para amaciar as cutículas, comecei a testar. Com exceção da primeira versão da Prime Cuticle, Bepantriz é o produto que melhor hidrata minhas cutículas. Eu aplico “quase nada” antes de dormir e ainda acordo com um pouco de pomada nas unhas. Aplico quase todas as noites desde março e ainda tem meio tubo! Assim, a relação de custo-benefício foi a melhor até o momento. Porém, noto que funciona extremamente bem se a idéia for manter, mas não reduzir as cutículas. Meu método foi deixar que a manicure tirasse as cutículas e então passar a pomada. Assim, realmente prolongou a “limpeza” das unhas por mais de mês! Depois disso eu pude notar que a cutícula estava lá, ainda que bem discreta.
Nesses meses de maio e junho me descuidei novamente. Há duas semanas decidi retomar a luta contra as cutículas e resolvi esfoliar e tentar reduzir, seguindo o método da Dani. Nesse ponto notei que a Bepantriz não foi tão eficiente ou, ao menos, não foi rápida o suficiente para mim. Então, pensei: “será que a pomada só mantém em vez de hidratar mesmo?”. Então acabo de adquirir a Cera Nutritiva da Granado para passar ao longo do dia e manter a Bepantriz para a noite. A cera parece manter a hidratação por um bom tempo, principalmente comparada a Prime Cuticle bifásica que estava/estou usando até então. Eu tento não aplicar em quantidade demasiada para não lambuzar as coisas em que toco e parece funcionar para mim. Resta saber se será realmente efetiva!

E vocês, girls, tem uma boa opção para me sugerir? Eu espero que esta cera “dure” bastante, mas sempre é bom ter uma segunda opção! 🙂

P.S.: As imagens de produtos são provenientes de sites de compra via internet.