Balm/Stain: Revlon Just Bitten Kissable

Essa semana só dá REVLON! #aloka

JBK.177

Com toda aquela febre do batom em lápis, eu muito quis um Chubby Stick da Clinique. Porém, US$20 em uma coisa que eu não poderia nem experimentar antes, pareceu muito arriscado. Eu sei que no Brasil eles custam R$90, mas mesmo pela metade do preço, achei grana demais para um brilho requintado… Então, procurei alternativas! Eu sou a louca das alternativas! Para tudo… Na verdade, acho que sou mesmo é um pouco rebelde. Quero, mas não compro aquilo que todo mundo compra… Bem rebelde sem causa! Haha.
Foi assim que acabei comprando o Just Bitten Kissable Lip Balm Stain (brilho/hidratante labial com cor) da Revlon, por US$10. Ele é um bálsamo que adiciona cor, dando o efeito manchado nos lábios. Comprei em novembro passado a cor 025, sem experimentar. Me pareceu um rosa bonito, porém, eu não contava que fosse tão pigmentado. Ele realmente é bonito, mas fica bastante brilhante, o que diminui as ocasiões de uso, no meu caso. Ainda assim, usei bastante no verão.

Para um Stain, o produto é realmente muito bom. A cor mais forte fica por horas e não sai a menos que eu use demaquilante nos lábios. Claro que ele não fica como um batom, mas fica manchadinho mesmo. O engraçado é que ele tem um componente mentolado, que dá uma ardidinha nos lábios e deixa o produto com um cheiro um pouco estranho, que não me agrada… Considerando que é um produto para hidratar, eu esperava mais. Na verdade, não entendo o diferença deste para o Lip Butter da marca, que tem a mesma função e também deixa os lábios manchadinhos… Eu diria que o Just Bitten não resseca, mas também não hidrata, apenas deixa uma sensação confortável quando aplicado. Inclusive, ele lembra uma cera, ou um gel… Ai, que confusão! Haha.
Se alguém sentiu os lábios hidratados com ele, please, me conta!

Ainda assim, eu comprei mais um! >.<
Ele é muito prático! Quando o assunto é praticidade, não me importa o cheiro ou o fato de não servir ao seu propósito, e sim o fato de que posso repassar o produto no meio da rua, sem olhar, que não borra! Haha. E o fato de morar quase dentro dos free shops da fronteira acaba tendo dessas coisas…

Confere as cores…

JBK.178

O legal do produto é que se pode construir camadas e deixar ele mais forte ou mais suave. Do 001, são duas camadas – passei duas porque ele parece a cor do meu lábio e eu não percebo! Do 025, é apenas uma. Se você se empolgar com ele e passar várias camadas, ele fica beeeeeeem rosa.

🙂Rak

Rouge pur Couture Vernis à Lèvres – YSL

Aproveitei aquela noite de loucura da Sephora e arrematei três dessas belezinhas para viver lindamente em meu material de maquiagem – agora que faço o curso de maquiadora, chama-se material e não coleção! Haha.
Falando nisso, viram as promoções da semana Black Friday na Sephora? Os preços da Urban Decay estavam tentadores, hein? Me segurei!

Quanto aos adquiridos da vez…

YSL.109

O que a Sephora diz sobre o produto:

…a aliança entre a longa duração da cor e brilho nunca visto antes. Textura inovadora que proporciona conforto extremo e sensação de leveza. Inspira mulheres a ousar no gloss de cores ultra vibrantes que finalmente dura nos lábios.

Abaixo, um swatch das três cores e duas delas nos lábios…
Passei com pincel para lábios e fiquei com preguiça de passar a terceira… Haha.

YSL

O que eu achei? Gostei muito das cores, mas achei gosmentinho… Talvez valha a pena tirar um pouco de produto para que fique menos pegajoso, como ocorre com outros batons líquidos no mercado. Também, eu não gosto de aroma de framboesa e imagine se as três tonalidades não tem aroma de framboesa. Blergh! Que azar o meu!

Falando em azar, estou impossibilitada de aproximar qualquer coisa do meu olho direito.  A menos que seja colírio. Nunca me aconteceu uma coisa dessas, mas, claro, tinha que acontecer quando a pessoa resolve fazer um curso profissinalizante de maquiador… Murphy está aqui do meu lado e mandou lembranças! Vou tentar fazer umas makes no olho “bom” enquanto isso.

🙂grav