Solução Micelar: o que, como e o resultado!

Solução Micelar | NND

Oh, não! Mais um post na web sobre água micelar? Pois sim. Porque agora eu experimentei! Hahaha.

Lendo algumas resenhas negativas de produtos como a Bioderma, eu prometi que jamais compraria uma solução micelar porque “não funciona”. Eis que ganhei! Haha. E como “de graça até injeção na testa”, por que não, né?

Fui então pesquisar sobre o produto e achei muito interessante e muito coerente com a pele. Se você não conhece, a água ou solução micelar é um produto composto essencialmente de água e óleo, que existe desde o início de 1900. Mas não se assuste! O produto não tem nada de oleoso… Essa composição de água e micropartículas de óleo formam as micelas, moléculas com características hidro e lipofílicas, ou seja, moléculas com uma região de afinidade à água e outra ao óleo, exatamente como a membrana plasmática das nossas células. Isso faz com que a solução consiga se agarras às partículas de sujeira – normalmente oleosas – e carregá-las com a água. Assim, o produto limpa a pele, retirando as impurezas, mas não resseca a pele pois não tira totalmente a oleosidade natural que a pele possui. Então, é um produto que pode ser usado por todos os tipos de pele, inclusive as mais sensíveis, pois não agride a pele.

O problema é que por ser um produto mais “natural”, sem sabão, álcool, corante ou perfume (normalmente…), as pessoas acham que não fará sua mágica, ou seja, não terá efeito. Principalmente quem tem pele oleosa que costuma amar aquela sensação terrível de pele repuxada, né? Ai, ai, ai…
Mas a solução micelar é, na verdade, um produto bastante completo pois limpa sem causar desequilíbrio ao pH da pele e sem retirar totalmente a oleosidade natural, logo, não precisaríamos de tônico ou hidratante. No entanto, ela pode ser associada a outros produtos para dar aquela sensação que cada um mais gosta, como um hidratante mais potente para as peles mais secas e uma loção adstringente para as oleosas de plantão.

Tudo muito bonito, né? Mas funciona?

Eu testei…

Água Micelar.059

… que tem a seguinte descrição:

Água Micelar La roche | NND

Notem que a La Roche-Posay trata o produto como um agente de limpeza e demaquilante. Não fala nada sobre tônico, o que eu já vi em outros produtos…

Na composição, esse produto tem perfume.

Água Micelar La Roche

Eu fiquei meio #chateada de o produto não falar de tônico e hidratação, mas… Vai ver que a composição deles não tem essa característica mesmo!

Como eu havia visto resenhas da Bioderma falando que não limpava nada, que depois de limpar com o produto a pessoa passou um tônico e o algodão saiu imundo e tal, eu resolvi testar. Testei passando somente o produto após um dia de maquiagem pesada, após um dia sem maquiagem, e no lugar do tônico após o sabonete de limpeza (3 em 1, Mary Kay, pele oleosa). Eis o resultado:

Água Micelar funciona | NND

O primeiro foi o SEGUNDO algodão com a solução usada sozinha para limpar o rosto com maquiagem pesada (primer, base, pós, corretivo…), ou seja, um algodão só não basta e ainda passei demaquilante bifásico porque, embora ela até tire bem a maquiagem dos olhos, eu me sinto melhor com um demaquilante bifásico! Do lado, o algodão que passei após o sabonete, no lugar do tônico. Veja como mesmo usando um sabonete potente de limpeza e demaquilante, ainda tem resíduos. Saiu mais resíduo com a solução micelar do que sai normalmente com o tônico. Os dois algodões abaixo são dois exemplares de dias em que não maquiei e não fiquei muito tempo na rua.
Embora sem foto, testei também passar um algodão após um lenço demaquilante e ficou um pouco mais sujo que o primeiro algodão…

De maneira geral, nos dias de pouca maquiagem ou nenhuma maquiagem eu usei só a solução numa boa, mas com a maquiagem pesada eu não me senti confortável, não… Senti a necessidade da água lavando meu rosto e a espuma do sabonete borbulhando. Pelo que dá para ver no resultado acima, é uma coisa bem psicológica essa necessidade, porque dois algodões de solução micelar fazem o trabalho. Até, no algodão da direita não dá para ver, mas tem um pouco de máscara de cílios nele…

Eu usei o produto durante o inverno por duas razões: o frio me desencorajou a lavar o rosto na água gelada e a gravidez deixou minha pele mais seca, ao ponto de só usar hidratante para pele seca e passar Bepantol na ponta do nariz! Considerando que grávida não pode nem olhar pro lado, o produto casou perfeito para esse momento e eu gostei muito dos resultados. Acho que vale a pena testar sim e, quem sabe, tentar se livrar da idéia que como brasileiros temos de que o que lava mesmo é a espuma! Haha.

As soluções/ águas micelares tem diferentes composições e agentes aditivos. Aqui você pode conferir algumas opções do mercado e como cada marca trata esse produto.

Os preços não são convidativos. O meu exemplar custa R$99 e o mais barato que achei foi da Bourjois, que enfatiza o benefício em peles sensíveis. E nós já sabemos que o pessoal da pele oleosa gosta de passar longe dos produtos de pele sensível, como se uma coisa excluísse a outra, né? >.<

UPDATE (março 2017): Nada como a livre concorrência, não é mesmo? Hoje já podemos achar diversas opções de marcas de baixo custo para esse produto! Até a Panvel Farmácias tem a sua versão!

EBOOKANÚNCIO.004

Demaquilante para a Área dos Olhos – Mary Kay

Posts Férias.046

Demaquilante é algo extremamente necessário. Não adianta fazer aquela maquiagem linda e dormir com ela! :s

Eu já testei diversos demaquialantes e meu preferido é, até  hoje, o Bi-Facil da Lancôme. Porém, o preço dessa belezinha não vale o resultado. É maravilhoso? É! Vale R$189? Não! O demaquilante mais parecido com ele, dentre os que já experimentei e pesquisei, é o Demaquilante para a Área dos Olhos da Mary Kay®.

Segundo a marca:

Remove delicadamente a maquiagem dos olhos sem repuxar a pele delicada da região. Testado por oftalmologistas. Não resseca a pele.

Para mostrar o resultado do demaquilante, apliquei no braço os seguintes produtos:

De cima para baixo: máscara de cílios, delineador dourado, lápis de olho metálico, lápis de olho, sombra, sombra, sombra, delineador  e base.

Posts Férias.047

 

A sensação após a aplicação é muito boa. O produto não deixa a pele oleosa, mas com uma sensação de hidratação.
A melhor maneira de aplicar qualquer demaquilante na área dos olhos é deixar o produto agir alguns segundos antes de retirar a maquiagem, evitando esfregar. A área dos olhos é muito sensível, então o ideal é evitar a fricção.

O demaquilante custa em torno de R$53 e eu acho que vale muito a pena. Ele é leve, não deixa aquela sensação de oleosidade como alguns e, para mim, retira MESMO toda a maquiagem dos olhos!

Se você não conhece os produtos Mary Kay, entre em contato!

😉