Body Butter (Manteiga Corporal), Oliva, The Body Shop

butterbutter-2

Depois do esfoliante, chegou a vez de falar da manteiga corporal, ou body butter, de oliva da The Body Shop.

Assim como seu par, o esfoliante, a manteiga tem um cheiro, textura e cremosidade “deliciosos”.

Segundo a marca:

Para todos os tipos de pele, a Body Butter tem alto poder de hidratação podendo durar até 24 horas. Possui em sua composição a manteiga de cacau, a manteiga de karité e o óleo de oliva orgânico. Além disso, derrete na pele e a deixa suave e macia.
O óleo de azeitona é rico em ácido oleico e antioxidantes naturais que ajudam a repor os níveis de hidratação da pele. Contém vitaminas A e F que ajudam a proteger e nutrir intensamente. É um excelente hidratante que derrete à temperatura do corpo. Ajuda na elasticidade da pele e previne as estrias. É um óleo versátil, leve e hidratante que forma uma barreira amaciadora quando aplicado, que deixa a pele aveludada.

Aplicar com as mãos no corpo depois do banho ou durante o dia para deixar a pele hidratada e perfumada.

A textura é consistente mas derrete ao toque. Mesmo parecendo dura a primeira vista, assim que se toca ela se torna macia e fácil de espalhar. Além disso, rende bastante!

butter texturaButter textura2

O que posso dizer é que a marca não mente quando diz que “derrete na pele e a deixa macia”. A sensação é muito gostosa e, realmente, ela fica no corpo, pois noto ela saindo na água no banho seguinte…

Abaixo, os ingredientes.butter ingredientes

A única coisa “chata” dos produtos da marca é que muitos contém parabenos. É interessante porque a marca é toda engajada socialmente e pró-orgânicos (ao menos é o que diz nas embalagens…), mas utiliza parabenos na composição…

Essa body butter custa R$62 no site da marca. Assim como o esfoliante, comprei no free shop em promoção e com um preço ótimo. Ainda assim, acho que vale o preço cobrado no Brasil.

Normalmente não noto os benefícios de produtos de corpo, mas o esfoliante e a manteiga de oliva da The Body Shop formam uma dupla imbatível na hidratação do corpo. Gosto tanto que fazem parte do meu “ritual” de final de semana!

🙂

P.s.: Mais sobre corpo? Manteiga Corporal Victoria’s Secret

Anúncios

Esfoliante em Creme, Oliva, The Body Shop

IMG_20170515_145952557

Produto “novo” na área, gente! Haha!

IMG_20170515_145924710

Usei esse esfoliante em creme de oliva, da The Body Shop, pela primeira vez no dia das mães, naquele momento “EU SOU MÃE. EU MEREÇO!”, e senti necessidade de compartilhar…

Ele tem um cheiro, uma textura, uma cremosidade, mmmmm. Quase dá vontade de comer!

Segundo a marca:

Deixa a pele deliciosamente perfumada com a fragrância suave de oliva. Possui uma hidratação e esfoliação com textura em creme e pode ser utilizado 1 ou 2 vezes por semana. Em sua composição tem casca de nozes e grânulos de azeitona. 200 ml.
Esfolia suavemente. Hidrata e amacia a pele. É muito rico em óleos graxos essenciais que ajudam a reparar a barreira que previne a perda de hidratação da pele, deixando-a macia. Hidrata e alimenta a pele. É um eficaz hidratante que ajuda a amaciar a pele.

Aplicar com as mãos no corpo depois do banho ou durante o dia para deixar a pele hidratada e perfumada.

Nota-se que o site da The Body Shop deve usar o tradutor do Google…

A textura é bastante consistente, como é possível ver na imagem abaixo, mas espalha sem problemas!

IMG_20170515_150014265IMG_20170515_150834553

E digo: é uma delícia aplicar no corpo! Diferente de alguns esfoliantes corporais, esse não dá nenhum desconforto, pelo contrário, é muito confortável a sensação dos grânulos na pele. Também, ele rende muito, pois utilizei bem pouco para esfoliar o corpo todo, que no meu caso, é bastante!

Além disso, a sensação de pele macia é incrível. Nunca havia sentido a pele macia dessa forma. Passa uma sensação de pele renovada, mesmo. Estou apaixonada!

Abaixo seguem os ingredientes do produto.

IMG_20170515_150224276

Achei interessante que além da semente da azeitona, o que faz a esfoliação é também casca de nóz.

Esse produto custa R$70 na loja online da marca. Paguei, em promoção, US$9 no free shop, mas digo que vale muito o valor cobrado na nossa terrinha…

Eu já havia utilizado o esfoliante em gel de pomelo da The Body Shop. Pelo que pude notar no site, já não existe mais. Ele era também muito gostosa, porém não tinha como intuito hidratar a pele e não rendia tanto quanto esse. Embora o de pomelo fosse tão gostoso e refrescante que dizia na embalagem que aquele não era um produto comestível, dava mesmo vontade de comer…

Tenho gostado dos produtos da marca que tenho testado. Falo um pouco sobre eles no vídeo recente sobre a atual rotina de pele. Confere lá!

😉

Mais sobre corpo? Manteiga Corporal Victoria’s Secret

tratamento

Semana do Consumidor Natura: Hora de renovar o estoque!

Sem Título

(Clique na imagem para ser direcionado ao link!)

Sim! Metade do preço! A cada dia, novos produtos entram em promoção. Hoje eu aproveito para renovar o estoque de óleo corporal Ekos Pitanga e Séve Amêndoas Doces. Ainda não encontrei uma marca que faça óleos melhores. E eu procuro, porque AMO óleos corporais! ❤

Claro que entre tantos produtos, você vai achar um pra chamar de seu, não é? Então aproveite e adicione o cupom NNDCONS e ganhe 5% de desconto no valor da sua compra!

Corre  e Aproveite!!! É só clicar na imagem ou aqui!

🙂


Essa loja é parceira do blog. Comprando através dos anúncios desta postagem você está contribuindo com o blog.

 

Beleza na Gravidez: Pode ou Não Pode?

IMG_0797

Quando engravidamos, mesmo que com um bom planejamento, surgem milhões de dúvidas e preocupações na nossa cabeça. Para mim, uma delas foi: “O que posso continuar usando do meu arsenal de cremes para pele?”

Pois bem. Minha tática foi simples: parei de usar tudo! Haha. Ok. não tudo, mas quase. Você pode conferir os produtos no post sobre cuidados de pele na gravidez.

O post sobre o peeling de cristal da Mary Kay é, de longe, meu post mais acessado. Como sempre recebo perguntas se ele é seguro para usar na gestação, resolvi escrever um pouco sobre ingredientes seguros ou não para uso nesse período. As informações foram obtidas em posts internacionais, em especial esse e esse. Nem todos os componentes tem unanimidade entre médicos devido a falta de estudos. Por via das dúvidas, eu prefiro não usar.

Os componentes mais citados são:

  1. Ácido Retinóico/ Vitamina A: associado a má formação congênita.
  2. Acido Cítrico, Salicílico e Glicólico: embora alguns médicos sejam contra, esses ácidos podem ser utilizados em baixa dosagem, segundo estudos realizados até o ano de 2012.
  3. Ácido Lático: considerado seguro em estudos feitos com animais, mas não há estudos feitos em humanos.
  4. Diidroxiacetona (DHA): presente em autobronzeadores. Não existe consenso sobre o componente. alguns médicos permitem, outros não.
  5.  Ácido kójico: ingrediente de origem natural utilizado em despigmentação, ou seja, clareadores. Não existe estudos que comprovem sua segurança.
  6. Ácido hialurônico: também existe debate entre os especialistas no assunto, mas é considerado seguro por muitos devido ao tamanho da molécula. Inclusive, encontrei até um médico que afirma que é um aliado da beleza na gestação devido ao seu grande poder hidratante. Eu fiquei surpresa pois em uma palestra, um médico afirmou que o alto nível desse ácido no organismo faria com que a bolsa amniótica rompesse, mas não encontrei essa informação em lugar algum… Eu tenho produtos com o ingrediente e deixei de usá-los na gestação, mas agora fiquei confusa!
  7. Vitamina C: utilizado como clareador, não encontrei contra-indicação. Pelo contrário. O mesmo médico que afirma que ácido hialurônico é um aliado, inclui a Vitamina C na sua lista!
  8. Parabenos: estudos indicam que parabenos podem interferir no sistema hormonal, logo, não são indicados de forma alguma, principalmente nesse momento em que os hormônios atuam de maneira peculiar…
  9. Tolueno: associado a problemas de ordem neuronal e celular.
  10. Formaldeído: associado a problemas reprodutivos e de desenvolvimento, além de câncer.
  11. Oxibenzeno: associado a problemas de desenvolvimento e interferência no sistema hormonal.

😉

P.S.: Mais sobre gravidez? Pele, Cabelos e Corpo; O Primeiro Trimestre.

Pele, Cabelos e Corpo na Gravidez e Pós Parto

Gravidez

Se tem uma coisa que eu muito ouvi no início da gravidez foi sobre as mudanças que ocorreriam. Cada mulher me dizia uma coisa: “Gravidez de menina te deixa feia.”; “Gravidez de menina te deixa linda.”; “Sua pele vai ficar horrível.”; “Seu cabelo vai ficar incrível.”. Pois bem. É minha vez de dizer o que aconteceu de verdade!

Logo que engravidei, notei algumas mudanças, mas foi no segundo e terceiro mês que elas se consolidaram. Minha pele e meu cabelo deixaram de ser oleosos. Foi o milagre do milênio! Eu cheguei a trocar de produtos de limpeza e hidratação. Passei a utilizar solução micelar (La Roche-Posay) para limpar a pele e hidratante para pele seca (Hydra+, ROC). Eu cheguei a usar Bepantol no nariz e no queixo em alguns momentos do inverno, algo completamente novo para mim! No entanto, em dois momentos eu tive espinhas: no terceiro e sétimo mês de gestação. Além dos produtos citados, eu utilizei o Kit Microdermoabrasão da Mary Kay durante toda a gestação, pois pesquisei ao máximo e não achei nenhuma contra-indicação do produto. A questão do uso dele na gestação é restrita ao fato de ser um produto de atrito, que pode machucar a pele sensível. No entanto, eu passei a fazer bem menos fricção na aplicação. Não tive problema nenhum com o produto em todo esse período.

Meu cabelo também deixou de ser oleoso e eu passei a lavá-lo de duas a no máximo três vezes na semana. Normalmente eu lavava duas vezes na semana e, se preciso, usava shampoo a seco por um dia. No entanto, no segundo/terceiro mês de gestação meu cabelo ficou estranho, parecia que estava sempre com resíduo, como se não conseguisse tirar completamente o condicionador no banho. Já com relação ao ressecamento do cabelo, senti maior necessidade de utilizar óleos finalizadores após secar com secador.

Na pele do corpo eu passei a usar exclusivamente óleo de amêndoa extra virgem, principalmente na barriga. Eu não senti a pele do corpo ressecada então passava óleo nas pernas e braços apenas uma a duas vezes na semana, mas na barriga e nos seios a aplicação era diária e concentrada. No entanto, quando o sétimo mês chegou trouxe com ele algumas estrias. Fiquei chateada, mas sabia que era possível, não é? Passei, então, a utilizar também o creme Luciara, da Bayer, específico para gestantes e estrias. No entanto, foi em vão. O creme não só não preveniu mas também não amenizou, e a embalagem diz fazer ambos. No final da gestação, minha barriga que tanto lambuzei com óleo e creme, ficou completamente marcada de estrias grossas, vermelhas e doloridas. Dá para criar uma linguagem totalmente nova baseada nas marcas na minha pele! >.< Eu sempre tive tendência a estrias, mas imaginava que as estrias já adquiridas na adolescência eram devido a falta de cuidados com a pele, mas pelo jeito o estrago acontece cuidando ou não. É uma questão de pele mesmo! Minha barriga cresceu mesmo a partir da metade da gestação, e no último trimestre cresceu seis centímetros em largura (ao redor da cintura) e sete em “profundidade” (medindo o crescimento do útero em si). É bastante coisa…

Já no pós parto, exatamente uma semana depois de ter o bebê, meu rosto explodiu com “espinhas internas” por todos os lados. Sabe aquelas espinhas que não eclodem mas ficam por dentro da pele, só fazendo volume? Exatamente essas. Na testa, queixo, bochechas e até pescoço. Só o nariz se salvou! Como a amamentação impede o uso dos mesmos produtos que não se pode usar na gravidez, apenas estou lavando o rosto com o Gel de limpeza 3 em 1 para pele oleosa da Mary Kay, com uso eventual do hidratante e spray de vitamina C da The Body Shop.
O cabelo ainda não voltou a ser oleoso e espero que nunca mais volte! 😀 No entanto, por via das dúvidas, cortei o cabelo um dia antes do parto. Ainda bem que deu tempo! Só não deu tempo de fazer as unhas para esperar ela chegar… >.<
Na pele, as estrias continuam vermelhas e ardendo bastante. Agora uso, além do óleo, o hidratante corporal TimeWise da Mary Kay. Já li por aí que é bom usar o Kit Microdermoabrasão nas estrias, mas como meu abdômen ainda dói da cirurgia, acho melhor esperar um pouco para poder fazer pressão no local…

Na gravidez eu tinha um limite de ganho de peso estabelecido: sete quilos. Tudo parecia muito favorável a me manter dentro do limite, mas os últimos meses são realmente complicados tanto fisicamente, pois os exercícios são bem limitados, quanto emocionalmente, e a comida venceu minha força de vontade. Eu não sei quantos quilos ganhei porque não me pesei na semana que ganhei o bebê, mas pelo menos onze quilos eu sei que engordei. No entanto, uma semana depois do nascimento eu já tinha perdido quase tudo que ganhei, faltando apenas dois quilos. Mais uma semana e eu estava de volta ao peso que tinha quando engravidei. Claro, isso sem fazer dieta, embora as “porcarias” estão sendo consumidas em nível mínimo, ou exercícios. Essa foi a perda natural do que realmente saiu com o nascimento mais o que provavelmente se perde amamentando, comendo e dormindo mal, como todo início de vida com um recém nascido…
Eu sinto falta de acordar e fazer os alongamentos e até os exercícios para o parto que eu fazia até algumas semanas atrás. Mas ainda é complicado acordar e não pensar em qualquer outra coisa se não pegar o bebê e amamentar. Lavar o rosto? Fazer xixi? Isso fica pra depois. Tudo fica pra depois! A prioridade é automaticamente ela… Inclusive, escrever os últimos três posts foi uma odisséia de muitos dias, porque os intervalos de folga são muito pequenos. Ainda existe um mundo novo com o qual é preciso me acostumar! 😀

Moral da história: cada organismo é único! O que aconteceu com sua mãe não necessariamente vai acontecer com você. É interessante pesquisar e se informar, mas é importante entender que as experiências são únicas e não se prender ao que aconteceu com outra pessoa…

😉

P.S.: Mais sobre gravidez? O Segundo TrimestreO Primeiro Trimestre.

Natura Online: uma nova forma de comprar

chame-amigos

Talvez não seja novidade para vocês, mas para mim é sim!

Eu gosto muito da linha corporal da Natura, acho que vale o preço cobrado, mas eu não conheço consultoras da marca e tampouco gosto da forma como os produtos são vendidos: você pede no catálogo, espera a consultora fazer o pedido, espera chegar o pedido e então paga, em geral em dinheiro, em única vez.

Eu amo a internet, acho que é a oitava maravilha do mundo moderno, afinal, nos permite fazer uma porção de coisas sem sair de casa. E agora, comprar produtos Natura também é uma delas! 😀

Fiz minha primeira compra (que tem chegada estimada em quatro dias! :D) e acabei me cadastrando para fazer parte dessa Rede. Então agora, você pode receber seus produtos Natura e ainda ajudar o blog!

Comprando no meu espaço, até 12/06/2015, você pode usar o cupom NND para ganhar 10% de desconto! Não deixe de aproveitar os kits para o Dia dos Namorados! 😉

Aproveite as promoções vigente para economizar ainda mais! A linha Ekos Castanha está que é pura promoção! Perfeito para presentear! E a gente sempre adora receber Natura de presente, vai dizer? Vocês já sabem que sou do tipo que faz estoque, então já viu!

Minhas duas indicações com louvor são essas:

Natura2

Na1

Clique nas imagens para ser direcionado ao link!

Sentiram minha empolgação? Minha carteira tá fugindo de mim, tadinha…

😉