Bottom Lash Mascara – CLINIQUE

(Scroll down for English!)bottomlash.245

Sabe aquele dia que você toma coragem e compra aquele produto que não precisa mas quer muito? Esse foi o dia em que comprei esta máscara. Haha!

A Bottom Lash é específica para os cílios inferiores. APENAS.
Segundo a marca:

A Bottom Lash Mascara foi especialmente desenvolvida para alcançar aqueles delicados cílios inferiores e tem uma fórmula especial de longa duração. Removível com água morna. Combine com a máscara de cílios Clinique de sua preferência nos cílios superiores para ter uma make completa.

Porque eu costumo fazer meleca ao aplicar a máscara de cílios, eu estava louquinha para testar esta máscara em específico. Comprei em novembro passado, no freeshop, e não me emocionei. Eu não sei se estava imaginando que ela faria milagres nos cílios inferiores, mas vi a Vic Ceridono (Dia de Beauté) falando bem do produto e, bem, comprei!

Dá uma conferida no resultado…

bottom.246

Na minha opinião, a Bottom Lash não faz nada muito diferente do que a máscara comum faria. Ela deixa, sim, os cílios mais homogêneos se comparado com uma máscara de cílios normal (compare aqui), mas acredito que com paciência é possível obter o mesmo efeito com a máscara comum, pois o aplicador da Bottom Lash é bem pequeno, então o tempo que você demora aplicando, é o tempo que você demoraria tendo mais cuidado com uma máscara comum.
Eu também utilizo, quando lembro de usá-la, para os cílios superiores mais periféricos, já que o aplicador é pequeno e é possível ter mais controle. O ponto positivo é que, como todas as máscaras da Clinique, não borra.

De maneira geral, é um produto para aquela categoria “besteirinhas que são legais”, mas pelo preço de R$49, eu acho que não vale a pena.
Se ainda assim você se interessar, porque o que funciona para uma pessoas não necessariamente funciona para outra, você pode comprá-la aqui.

😉

cb180514-1018-4d99-ac54-924d1e03b39a

Bottom Lash Mascara – CLINIQUE

I have bought this mascara several months ago, but I left it on the bottom of my makeup pile… Haha!

There was such a hype about this product when it came out, that I just had to buy one for me. The problem is that it did not do much for lashes. They look good, with no clumps, as you can see in the image above, but I believe that you can achieve the same results with a regular mascara. Because the wand is so small, the time you need to apply it would be the time you spend to get the application right with a regular wand.

I do not think it is a good product to buy, not because it is not a good product per se, because it is Clinique after all, but because I don’t see much difference from this to a regular mascara…But that’s just me!

😉Rak.001

High Impact Curling Mascara – Clinique

(Scroll down for English!)

high.206

Adoooooooro!

O que mais gosto sobre ela é o fato de não ser à prova d’água, mas de sair com água morna. Ela sai em pedacinhos, então nunca borra. Ótima para o verão, pois não escorre.

Ela não é a melhor que tenho, mas é muito boa! Confere aí…

high.207Nota-se que não existe vida antes da máscara, né? Ela levanta bastante os cílios, e os engrossa. Como eu já mencionei, não é a melhor que tenho, mas é muito boa. Provavelmente se você tiver paciência de ficar trabalhando nos cílios por mais tempo, obtenha um resultado melhor. Minhas máscaras preferidas são aquelas com aplicadores de borracha, pois noto que “tem” um melhor efeito nos meus cílios. Mas como disse, essa é muito boa também. Principalmente porque não existe a possibilidade dela borrar, o que acontece com as máscaras à prova d’água também…

O maior problema que encontro é o preço. Essa máscara custa aproximadamente R$85. Eu acho esse preço muito alto para uma máscara de cílios, então ainda prefiro outras opções mais baratas e melhores, ao menos para mim.

Resumindo: Muito boa, com ótimo resultado, mas o preço é salgadinho…

High Impact Curling Mascara – CLINIQUE

I really like this mascara! What I like most about it is how it only washes off with warm water. I don’t like water proof mascaras, but this product meets a perfect criteria: not water proof, but cold water proof! Haha. In Brazilian summer heat, that is precious! No melt downs, you can even take a swim with it, but you don’t have to pray for the gods of the Seven Kingdoms to wash it off.
Although it is not my favorite mascara in the world (that would be a mixture of two Mary Kay’s mascaras…), you can see in the image above that my eyes have no life whatsoever with no mascara on. This was the first right mascara for me, and that is why, although I have other that work better for me nowadays, I bought it again. I am sentimental! Haha.
I need to put some time into the application for it to be great. But i have to do it with all my mascaras, anyways… I just wish it would separate my lashes more, because they tend to clump together. When dealing with hooded eyes, lashes are everything! For that, we need a mascara that will thicken as well as elongate the lashes, and that is always what I look for when trying out mascaras. Because my lashes are downwards and not long, it is hard to apply mascara from top to bottom because I tend to get mascara on my lids, so I value all mascaras that I can do that without causing a mess, and this one is not one of them. 😦

The worst feature of this product is how much it coasts in Brazil: R$85 – about US$40. That is a lot for something that does not provide a miracle in your eyes, isn’t it? I live now right across the border from Uruguay, so there are several duty free shop right on the street (yes!), so I payed US$20 for it…

Long story short: it’s a good, not great mascara for me, but it is too pricey for the result it delivers.

😉

sephoraMaio

 

Sistema 3-passos Clinique

Oie!

Como passaram o Carnaval? Estão inteiras? Lembram de algo? Tomara o suco verde da Dessa para ver se cura a ressaca? Hahaha!

Hoje vim contar para vocês minha experiência com o famoso sistema 3-passos da Clinique. Há bastante tempo, vi uns vídeos de uma moça no youtube fazendo juras de amor aos produtos da marca. Ainda, vi que a Camila Coelho também é praticante dessa seita (haha!) e se dá muito bem com o sistema. Então, como boa mulher que sou, eu também quis testar.

3passos.141(Produtos acabados ou quase, no caso do hidratante.)

Para quem não conhece o sistema, a Clinique trabalha com 4 tipos de pele: seca, mista a seca, mista a oleosa e oleosa, classificadas, respectivamente, pelos números 1, 2, 3 e 4.

Minha pele se classifica como 3, mista a oleosa. Eis o que a Clinique fala sobre o sistema para este tipo de pele:

clinique

Essa imagem é do site da Clinique, e os preços são referentes aos menores tamanhos (200ml, 200ml e 50ml).

Comprei esses mesmo produtos pela internet há bastante tempo, no StrawberryNET.com (Clinique Liquid Facial Soap Oily Skin Formular 6F39 200ml/6.7oz) e paguei mais barato do que no Brasil na época.

Os produtos chegaram para mim em outubro de 2011 e foi só alegria. Usei feliz até abril. Porém, sempre achei o tônico muito forte. Ele parece promover uma esfoliação química e isso pode ser um problema para alguns. Quando maio chegou, junto trouxe o frio e meus problemas com o sistema. Logo minha pele ficou ressecada, escamou, e parei de usar o tônico. No auge do inverno, reforcei o hidratante com um super potente: o Creme Nívea. Sim. Aquela coisinha branca que lembra banha de porco! Passava ele três vezes na semana antes de dormir e o hidratante DDM da Clinique diariamente. Mas era como se não passasse nada, pois ficou leve demais para a necessidade da minha pele no inverno.
Insistente que sou, pedi a minha mãe que trouxesse um novo passo 1, o sabonete líquido, da Europa. Dessa vez um para pele mista a seca, para tentar balancear com o tônico que ainda tinha (muito!). Ela pediu para a vendedora o  sabonete de número 2, e a querida entregou o de número 1 na sacola. Só foi notado o erro quando eu já o tinha em mãos. Então, ok! Para o inverno fiz essa experiência: sabonete para pele seca e tônico para a pele mista a oleosa. Gente… O tal sabonete era uma gosma! Sentia que estava passando óleo no rosto (e o mesmo acontece com um demaquilante para pele sensível que tenho também da marca. Blergh!)! Mas usei, né?! Já tinha pago e ele contrabalançava bem com o tônico, que sempre me deixou bastante vermelha, embora os produtos da Clinique sejam todos hipoalergênicos. Quando a gosma acabou, eu resolvi testar novos produtos e acabei com os produtos da L’Oréal (post aqui), os quais gostei muito. Depois deles, voltei para terminar os produtos da Clinique porque é dinheiro, né, gentem?! Mas como já testei por uma semana o sistema Timewise da Mary Kay, sei que esta será minha próxima escolha!

Enfim! Resumindo, o sistema 3-passos para pele mista a oleosa da Clinique funciona para mim em UMA das quatro estações do ano. Ainda, se eu não passar o hidratante logo após o tônico, minha pele fica oleosa em pouco tempo. Isso reforça aquela idéia de que é preciso hidratar mesmo a pele oleosa, para não sofrer o efeito “rebote” – tira toda a oleosidade e a pele entende que precisa de mais!

E vocês? Tem experiência com o sistema?

E o Oscar, gurias? Quanta elegância a maquiagem nude, hein?! Fica bonito, mas a gente fica com pouco material para copiar, né?! Haha!

🙂grav

Cuidando da pele mista/oleosa: produtos para limpar e hidratar

A procura por produtos adequados para a sua pele mista a oleosa também é uma saga pra você? Pois é!

(Tá com preguiça? Rola até a figura!)

É impressionante a quantidade de produtos específicos para peles mistas a oleosas que existe no mercado… Que bom, né?! Se houvesse apenas um eu estaria “ferrada”! Desde os primeiros anos da juventude (já que hoje a juventude é de 16-29 anos, eu ainda sou jovem! :)) eu utilizo produtos para limpar a pele. Já foram diversas marcas, desde Clean & Clear até Clinique, mas, atualmente/ultimamente, a L’Oréal conquistou seu lugar junto a pia do banheiro. Isso só foi possível devido a análise do tipo de pele que fiz com uma representante da marca, em uma Panvel. Desde então, procurei pelos produtos em todas as farmácias Panvel ao meu alcance, mas foi em uma Droga Raia que minha procura teve fim (sorry, Panvs!).

Embora já tenha testado vários produtos para limpar a pele mista, todos tinham o mesmo “problema”: deixavam minha pele repuxada, ressecada. Sempre achei que era o correto, afinal, pele oleosa tem que ficar limpa, sem nenhuma oleosidade. Hoje sei que isso não é verdade e que pele limpa e pele ressecada não são sinônimos. Depois de analisar vídeos gringos no youtube, comprei os produtos do sistema 3-passos da Clinique. Os produtos são muito bem recomendados e o hidratante (DDM) é o preferido das leitoras do blog Coisas de Diva. Eu gosto muito do sabonete facial para o verão, pois deixa a pele super refrescante. Já no inverno, ele deixa minha pele repuxada :(. Seja no verão ou no inverno, o adstringente irrita minha pele e a deixa toda vermelha (isso que produtos Clinique são hipoalergênicos…). O hidratante é um gel tão leve que desliza suavemente pelo rosto, mas não hidrata o suficiente minha pele no inverno. Acabo passando um hidratante potente no rosto todo uma vez na semana.
Numa tentativa de continuar amando a Clinique, pedi para minha mãe que trouxesse de Portugal o sabonete facial para peles do tipo 2 (normal), já que, embora tenha feito o teste sobre tipos de pele disponível no site da marca, talvez os produtos para pele do tipo 3 sejam agressivos demais para mim. Eis que minha mãe entregou minha lista de compras nas mãos da vendedora do El Corte Inglés de Lisboa e, confiando na vendedora, trouxe para casa o sabonete facial para peles do tipo 1 (seca)… Depois não querem que façamos piadas com nossos amigos lusitanos.  Bem, dinheiro havia sido gasto naquele produto, então eu usei. Usei inverno passado e em parte deste. É uma loção que parece mais uma loção hidratante do que um sabonete. Junto com o adstringente para pele tipo 3 quebrou o galho, mas eu nunca senti minha pele limpa.
Antes de encontrar os produtos que uso no momento e após terminar o hidratante/sabonete facial da Clinique, voltei a usar o sabonete facial para pele tipo 3, também da Clinique. No primeiro frio de junho minha pele pediu socorro! Eu tive que apelar para o Creme Nivea, aquele creme hidratante com cara de banha de porco em uma embalagem azul (se não me engano, tem um em latinha). Era DDM no rosto todo e Creme Nivea no nariz, testa, queixo e ao redor da boca. Eu já passava ele uma vez por semana, mas chegou em um ponto que eu estava passando todas as noites e, às vezes, de manhã. Loucura! Aquilo é mais pesado do que, mmm… Banha de porco, oras!

Saí um dia decidida a encontrar os produtos da linha Hydra-Matt da L’Oréal, indicados para minha pele. Comprei a espuma de limpeza e o tônico facial. Neste mesmo dia, decidi comprar um hidratante adequado, porém fui rebelde e, em vez de comprar o hidratante da Neutrogena citado no Coisas de Diva (pois era para todos os tipos de pele), comprei outro da mesma linha que havia visto em outro blog, pois eu não gosto de hidratante com filtro solar para a noite. Acho que vai ser mais oleoso, ou vai ter cheiro… Não sei!  Estou usando o trio há três semanas e estou muito satisfeita. A espuma rende muito  (a quantidade equivalente a unha do meu dedinho lava o rosto inteiro) e o tônico não é forte e não deixa aquela sensação de ressecamento (nenhum produto tem álcool). Ainda assim, sinto uma leve necessidade do hidratante. Eu lavo o rosto ao menos duas vezes ao dia e passo o hidratante após o tônico. Me indicaram misturar o hidratante com o BB cream, mas ainda não testei…

Pele oleosa.033

Valores citados são aproximados.

Ainda que não faça parte dos produtos básicos para a pele, eu utilizo uma espuma de limpeza profunda dos poros de uma a duas vezes na semana. Ela é a base de albumina, é rica em aminoácidos e deixa uma sensação de pele super limpa. Mesmo que não resseque a pele, eu costumo borrifar o rosto com água termal depois de usar essa espuma, pois ela me causa uma leve irritação, já que deve ser aplicada em movimentos circulares e qualquer fricção irrita minha pele.

Antes desses, eu havia usado apenas um produto de limpeza da L’Oréal: Go 360 Clean. Ainda que para todos os tipos de pele, ele foi muito bom. Um dos melhores que já usei! Deixava a pele com pouquíssima sensação de ressecamento e não tem nenhum “OL” na fórmula. Infelizmente, nunca encontrei no Brasil…

Pronto! Agora você tem mais uns produtinhos para adicionar à sua eterna procura pelo produto perfeito para a SUA pele mista. Quero esclarecer que tudo isso que relatei acontece na MINHA pele. Pode ser uma história completamente diferente com a sua pele mista a oleosa.

🙂