Vídeo: A Moda do Minimalismo.

Vídeo

Você já notou como o minimalismo “está na moda”? Eu também…

😉

Anúncios

Chá de Bebê: porquê e como fazer um chá de bebê em casa (com modelos para impressão!)


Stella

Eu não sou uma pessoa muito “festiva”, mas se tem uma coisa que eu queria fazer nessa gravidez era o chá de bebê. Embora algumas pessoas não gostem da idéia do chá de bebê, eu acho que o chá ajuda a preparar a família e amigos para a novidade a caminho, ou seja, a entrar no clima mesmo, sabe? Além de, claro, ser super divertido para a mamãe, afinal, eu nunca tinha visto alguns dos itens que ganhei…

tumblr_nkr0itaDZg1snhpyjo1_r1_250

Eu moro em uma cidade, minha família em outra e a do meu marido em uma terceira cidade. Então, a solução foi fazer um chá em cada cidade onde temos família! SIM. Trabalho em dobro!
Cada lugar tem suas especificidades e até mesmo seus “gostos” particulares. Mesmo com ajuda das futuras avós para encomendar os comes, eu sou uma mesma pessoa em ambos os lugares, então fiz chás praticamente iguais. Iguais mesmo! Usei, inclusive, a mesma roupa em ambos (meu marido também!) e a mesma decoração (ou quase) para manter um padrão nas fotos. 🙂

Meu intuito com o chá era puramente sentimental e não para arrecadar presentes, ou seja, eu não esperava ganhar mais do que gastei, embora isso teria sido ótimo nesse momento da vida! Haha. Mas caso seu intuito seja esse, é importante que você encontre uma maneira de ser específica com relação aos presentes, ou seja, se você espera que cada convidado gaste pelo menos R$30 no presente para você ou seu bebê, especifique presentes de no mínimo esse valor ou ainda peça um presente MAIS um pacote de fralda, pois diversos itens que necessitamos para o bebê custam pouco, como um aspirador nasal ou um pacote de lenços umedecidos, por exemplo. Vi essas dicas em diferentes sites e confesso que a do presente MAIS fralda achei um pouco “demais”, mas então li sobre chás que não só a mamãe pede um presente MAIS fraldas como também pede para que o convidado leve um prato para compor a mesa de comida. Esse sim achei “pedir demais” do convidado, mas ninguém é obrigado a ir no seu chá, não é mesmo? O bebê é seu, o chá é seu e só você sabe da sua realidade financeira, então, não tenha vergonha de fazer o que precisa ser feito! Quem realmente se importa com você, entenderá. Inclusive, eu aprendi que fazer festas é uma ótima maneira para selecionar os amigos de verdade… Haha.

Quando se pesquisa sobre chás de bebês ou de fraldas (aquele que você pede apenas fraldas…), encontramos desde o modelo acima mencionado, presente MAIS prato, até chás gigantescos nos quais as pessoas gastam R$5 mil reais, com decorações e comidas caríssimas e extremamente rebuscadas. Como eu disse, tudo depende da sua realidade financeira.
Quando falei do chá para minha mãe ela ficou preocupada exatamente porque tem visto que os chás de bebês, assim como os aniversários de crianças, tem tomado proporções de festas de debutantes e casamentos! Como eu não dou a mínima para esse tipo de coisa, a comemoração da chegada do meu bebê seria como todas as outras: com coisas simples, de preferência algo feito por mim, reais e com carinho, para as pessoas que quero que façam parte da vida da minha filha, ou seja, família e amigos muito próximos a mim. E o legal de fazer um evento para as pessoas que realmente são importantes é que elas provavelmente lhe conhecem o suficiente para que fiquem confortáveis e deixem você confortável com relação aos presentes e comes e bebes. Esse ponto foi bastante tranquilo no chá que fiz com a minha família, pois todos temos bastante abertura, tanto que eu restringi o convite aos acompanhantes que eu não conheço ainda, porque não havia espaço o suficiente para todos na minha casa. Inclusive, a abertura é tanta que uma amiga me xingou por eu não lembrar de maneira alguma do fato de ela ter se tornado vegetariana, o que fez com que ela não tivesse muito de salgados para comer! >.<

Já na família do meu marido a coisa é um pouco diferente. Embora eu seja bastante aberta, existe uma certa formalidade geral, da qual eu não compartilho. Por exemplo, em ambos lugares eu organizei de forma que desse o menor trabalho possível, ou seja, salgados, doces e bebidas ficavam expostos à vontade dos convidados. Apenas precisei cortar as tortas frias e o bolo, e isso porque sei que os convidados não o fariam por uma questão formal. Eu expliquei isso na família do meu marido assim que as pessoas chegaram, mas notei que ninguém se serviu nem mesmo de água até eu dizer para meu marido se servir e ainda falar em alto e bom tom: “Pessoal, sirvam-se porque eu não vou servir ninguém…”.

Eu não gosto de formalidade. Eu gosto de respeito. Haha.

Eu mesma fiz os convites, as bandeirolas, as tags para os doces em papel cartão branco, a partir de imagens disponíveis online, além de flores de papel de seda que adicionei na decoração. Comprei TNT para usar como toalhas de mesa e decorar a mesa principal, além de baleiros e bandejas de papel para os salgados e doces. Confira o resultado nas imagens ao longo do post…

O convite ficou assim:

Convite Chá Stella

As tags e bandeirolas estão nas imagens mais abaixo…

Você pode fazer o download dos modelos que fiz e usei no chá de bebê: clique em Papelaria Chá de bebê
As bandeirolas (letras) eu encontrei num site cheio de “printables“. Clique aqui para ser direcionado às letras…

Comprei as forminhas e saiote para os doces, os quais fiz todos para o chá na família do meu marido. Ele me ajudou a enrolar os docinhos, inclusive!

Chá Stella

Na minha família, tivemos ajuda para fazer os doces e ainda aluguei cadeiras, uma jarra e um porta bolo de vidro. Fiz brownie para ambos os chás, e jamais vou esquecer do meu cunhado chamando o brownie de “nega maluca abatumada”. 😛 Também decorei vidros para por mini confetes e as lembrancinhas com marshmallows em saquinhos.

Chá Stella

Chá Stella 10

Bolos, salgadinhos e tortas frias foram compradas, mas ainda fizemos uns “picadinhos/enfiadinhos” de frios para quem tivesse restrição alimentar, que existe um caso em cada família…

A coisa toda ficou assim:

No interior…

Chá Stella 1

Chá Stella2

Ignora o amassado do TNT…

Chá Stella 6

Chá Stella 4

Na capital…

Chá Stella 9

Chá Stella 7

Chá Stella 8

Ambos foram feitos nas garagens das casas. A diferença é que a garagem da casa da minha mãe é fechada, enquanto a da minha sogra é aberta.

Quanto aos comes e bebes em si, vou dar os dados unindo os dois chás:
Foram 54 adultos no total dos dois chás, incluindo a mim e meu marido duas vezes (já que comemos e bebemos nos dois lugares, né?!). De salgados totais foram quatro tortas frias e em torno de 600 salgadinhos. De doces foram três tortas (aproximadamente 8kg de bolo, sendo um deles “naked” e sem glúten, feito pela minha prima que tem restrição com trigo), aproximadamente 2 kg de brownie e 430 unidades de docinhos, além de 1kg de mini confete (tipo M&M’s) e 2 pacotes grandes de marshmallow para decoração, consumo na festa e lembrancinhas. De bebidas, foram dois potes de chá instantâneo (faz gelado ou quente), 10 litros de refrigerante, 3 litros de água com gás, 3 litros de água sem gás e aproximadamente 20 litros de cerveja.

Por que esses números tão expressivos? Porque convidei homens! Acho muito antiga essa idéia de que chá de bebê é exclusivo para mulheres. Primeiro porque temos amigos de todos os gêneros, não é mesmo? Segundo, porque o pai deve fazer parte da vida do bebê tanto quanto a mãe, então acho super normal que existam outros pais ou outros homens no chá do bebê, não é? Inclusive, pode-se fazer uma coisa legal só para os homens, deixando para eles um “cantinho” tipo gentlemen’s club, com alguma bebida destilada, ou apenas um momento de whisky e charuto com o futuro papai para dar um charme, caso seu marido goste dessas coisas! Haha. Ainda assim, algumas mulheres não levaram os maridos por entender que chá de bebê seja algo exclusivo para mulheres, mesmo eu tendo endereçado o convite para as famílias…

O valor total gasto por cada convidado foi de R$ 35, incluindo até o valor dos descartáveis! De todos os comes e bebes, sobraram em torno de 90 salgadinhos, meia torta fria, 3kg de bolo, 300g de brownie, 160 docinhos, 500g de confete e muito marshmallow! Além de aproximadamente uns cinco litros de refrigerante e um pote completo de chá instantâneo. Não. Não sobrou cerveja, pelo menos não na minha casa! Hahaha. Até brinquei que foi um chá de “beber”! Na família do meu marido apenas três pessoas beberam cerveja. Na minha, quase a metade dos convidados! 🙂
Eu calculei as quantidades seguindo algumas calculadoras de festas online, como essa, essa, e essa. Elas não são unânimes, então fiz uma média entre elas. Como vocês podem ver, sobraram muitos doces mas não tantos salgados. Não sei se pelo fato de o clima estar quente as pessoas não tenham tanta vontade de comer doces, mas… Ambos os lugares tinham bolo de nata com morangos, porque praticamente é meu preferido. Principalmente se estiver super gelado, mas como fica exposto, ficou em temperatura ambiente.

O valor de R$35 por pessoa é bastante alto se você está focando em ganhar mais do que gastar. Embora eu tenha feito um chá super simples, poderia ter “barateado” o chá se eu não tivesse encomendado bolos, tortas frias e salgadinhos. Uma dica para não precisar encomendar é fazer tortas frias em casa, ou ainda apenas mini sanduíches, por exemplo. Minha mãe fez aquelas pizzas caseiras e tínhamos preparado um recheio para preencher canudinhos na hora, caso fosse necessário, o que não foi. Outra idéia seria fazer barquetes em casa, pois você encontra a massa pronta nos mercados. Não se pode esquecer dos cachorros quentes, né? É uma coisa que custa pouco e todo mundo adora! E os “enfiadinhos” que fiz são uma ótima idéia! Fiz com salame, queijo colonial e ovos de codorna, mas presunto e queijo mussarela em cubos, com pepino em conserva, por exemplo, fica ótimo!

Ninguém precisa gastar muito para fazer um chá de bebê ou um aniversário de criança. As coisas estão fora de proporção hoje em dia, não é? Acho desnecessário! Eu acho que festa é para se divertir, reunir as pessoas que lhe fazem feliz e não para “calar a boca do povo”. Se você precisa fazer festa para ostentar para seus convidados, você certamente está convidando as pessoas erradas…

Enfim! Para se manter num orçamento apertado não se pode esquecer também da pipoca, pão de queijo caseiro, mini muffins e coisas fáceis desse tipo. Quanto ao bolo, acho que vale muito a pena fazer bolo simples, tipo nega maluca, cenoura e etc., e fazer um bolo de fraldas, né? Ou ainda, fazer cupcakes, que eu não acho muito trabalhoso a menos que você vá fazer uma decoração muito rebuscada. Eu sou adepta de cupcakes que não precisem de recheio, pois a massa já é super gostosa e a cobertura complementa o bolinho, como cupcake de cenoura com ganache de chocolate, ou cupcake de limão com merengue, por exemplo.

A questão a levar em consideração é: você vai estar disposta a fazer tudo isso?

Não é a toa que se recomenda fazer o chá na 30 semana. Fiz um na 29 semana e outro na 32. Cansei em ambos, mas cansei mais no da 32 semana! Minhas pernas incharam mais e senti mais dores nas costas e pernas no dia seguinte, afinal, querendo ou não, se passa muito tempo em pé! Além disso, se você for uma pessoa que não está acostumada com muita gente em volta, como eu, vai se cansar ao tentar dar atenção para todos. O legal de fazer o chá com antecedência a chegada do bebê, também, é que você se certifica que terá tempo de comprar aquilo que não ganhar.

Eu não quis fazer aquelas brincadeiras em que pintam a gente e tal. Simplesmente não me representam! 😛 Eu disse: “Meu chá de bebê é humanizado, logo ele respeita as minhas vontades!”. Me safei! No entanto, adivinhei os presentes e quando eu errava, alguém tinha que beber um gole de cerveja. Claro que as pessoas que estavam bebendo adoraram a idéia! Haha. Também preparei um bingo e um caça-palavras, os quais deu tempo em um dos chás mas não no outro. Também fiz uma “aposta” sobre os dados do nascimento e papéis para os convidados deixarem mensagens para o bebê, ao estilo “cápsula do tempo”. Dessas brincadeiras peguei modelos online, modifiquei, imprimi e cortei para deixar tudo padronizado. Lembrando que os modelos estão disponíveis para download junto do convite, lá no início do post.

Eu pesquisei muito sobre chás e achei um site super completo de onde tirei boas ideias. No Sou Mãe você encontra até receitas e passo a passo para o bolo de fraldas. Recomendo muito o site como um todo, principalmente porque além da sessão de chá de bebê, tem de tudo um pouco para seus filhos! Se você está no início da gravidez, aproveite para se inspirar! Pena que descobri o site depois de já ter várias coisas prontas…
Além, reuni em dois painéis do Pinterest algumas idéias para usar tanto no chá de bebê quanto em qualquer festa. É só clicar nas palavras coloridas para conferir!

Enfim…
Eu achei meus chás muito fofos. Não sei se ficou a minha cara, mas ficou como eu queria! No primeiro, ganhei algumas fotos profissionais da prima do meu marido. Já no segundo, as fotos ficaram bem ruinzinhas porque foram tiradas com celular e sem flash, o que fez com que elas ficassem tremidas. 😦 Sem contar que praticamente esquecemos de tirar fotos com o pessoal. Como eu disse, eu estava cansada! Haha.

Espero que esse post gigantescooooo possa inspirar você a fazer um chá sem surtar! Haha. Eu me organizei com antecedência e congelei todos os doces que fiz. Tem mais de uma maneira de congelar doces e digo: fica bom de qualquer forma! Inclusive, alguns doces achei que ficaram melhores depois de congelados! Só tenha atenção na questão das forminhas. Para congelar é melhor não usar forminhas, ou usar forminhas e saiotes de plástico, pois sem o saiote a forminha de papel “molha” quando o doce sua ao descongelar. Também, as forminhas podem molhar no caso de o próprio pote suar ao descongelar. Se você quiser congelar já nas caixas de papelão, é importantes forrar a caixa com plástico filme e passar o plástico rente aos doces. Senão o papelão deixa entrar a umidade do freezer e o doce não fica legal, não…

😉

20151211_miniday

Dica: Decoração com a West Wing

Em meio a loucura que minha vida se tornou, de compras e preparação para absolutamente tudo que se relaciona a bebês (realmente, nada mais é importante nesse momento…), descobri uma nova fonte de inspiração para decoração – entre outros…: a West Wing, site expert em casa e decoração. Para ser mais exata, a “revista” West Wing.
Dentre diversas inspirações, me chamou atenção a sessão sobre a Primavera.

A Primavera começou mas ainda “não deu as caras” na minha região que sofre com chuvas constantes há dias! Meus temperos plantados na sacada estão inundados e minha orquídea que estava já em botão está “congelada”. Dá até uma tristeza…

Mas passeando pelo site que há muito eu não visitava, me deparei com a “matéria” sobre Primavera e me inspirei: “Vou sair, comprar uma flor, e colocar em um vaso para alegrar a casa!”. O único problema é que não tenho vasos. Mas isso não é um problema para quem é criativo, né? Ou, pelo menos, para quem sabe usufruir da criatividade alheia! Hahaha.

Assim, resolvi compartilhar algumas idéias inusitadas de vasos que encontrei na West Wing… Confere aí:

_J5B0382WESTWING BY FEMFOTOGRAFIE

bota

caixa

flor

garrafa (2)

|Crédito das imagens: westwing.com.br|

Confesso que a bota não faz parte da minha realidade, mas as demais idéias são super possíveis!

Vendo essas imagens, lembrei que na decoração do meu casamento foram utilizadas garrafinhas com adorno para colocar as flores. Eu mesma decorei algumas garrafas de vinho, já que o casamento foi em uma vinícola, com juta e tinta spray. Infelizmente, não tenho uma boa foto dessas minhas obras de arte! Haha. Mas compartilho com vocês algumas fotinhos que tenho dessas garrafinhas (fotos de Milene Marchezan Fotografia)…

Garrafinhas como Vasos |NND

IMG_3676

IMG_4230 IMG_3840

Decoração Casamento | NND

Se a Primavera também não chegou para você – já que a chuva não permite… -, traga ela para dentro de sua casa! É simples! Só precisa de umas flores e um pouco de imaginação!

😉

20151009_lancome

Esmalteria Nacional: agora em Porto Alegre

Esmalteria

Em minha última ida a Porto Alegre tive a oportunidade de conhecer um estabelecimento que ainda não conhecia: a Esmalteria Nacional, maior rede de nail bar do mundo. É um espaço que oferece serviços especializados em unhas, mãos e pés, além de um bar onde é possível curtir um happy hour enquanto cuida do visual.

Já tinha ouvido falar do conceito, um espaço de beleza agradável com drinks variados, mas foi surpresa saber que tem um em Porto Alegre, afinal, isso é coisa de grandes cidades! 😉
No entanto, essa franquia já tem representantes em outras cidades do RS, como Santa Maria, Caxias do Sul, Passo fundo, Montenegro e Santiago. Olha que Montenegro e Santiago são cidades bem pequenas, hein?! Fiquei impressionada como Porto Alegre “demorou” para abrir um espaço como esse!

A inauguração oficial da Esmalteria Nacional em Porto Alegre, no bairro Rio Branco, se deu no final de agosto. Acabei conhecendo o lugar “na sorte”, pois estava passando pela frente a caminho de uma consulta médica e minha mãe e eu ficamos na dúvida se o estabelecimento era um salão de beleza ou uma loja de esmaltes. Alguns passos a frente fomos alcançadas por uma rapaz simpático que nos entregou um panfleto do local. Conversando, soubemos que aquela era a primeira semana do estabelecimento e que eles tem diversos serviços além de unhas, como depilação, massagens, design de sobrancelhas… Os cabelos são os únicos excluídos da parada, mas é uma característica da franquia. Já estávamos com tempo de sobra e precisando dar uma renovada nas mãos, quando ele falou duas palavras mágicas: espumante e cupcakes! Hahaha. Como era a semana de inauguração, eles estavam brindando o local com essas duas maravilhas. Eu não pude aproveitar o espumante, mas aproveitei os cupcakes! Foi ótimo, pois eu tinha acabado de passar pela frente da loja de cupcakes, a Baunilha Cupcakes, primeira loja de cupcakes de Porto Alegre, e disse: “Vou resistir!”. O destino quis que eu comesse um cupcake da Baunilha de qualquer forma! Hahaha.

Fomos muito bem tratadas, em um ambiente agradabilíssimo, fofo e descontraído, pelos próprios sócios da franquia local e manicures ótimas. Eu fiquei impressionada porque o preço é bacana, regula com o preço de Shoppings, e o serviço é muito bom. Demorou em torno de 40 minutos e foi muito bem feito, o que normalmente não ocorre nos estabelecimentos de Shoppings (que também costumam ser franquias…). Eles oferecem uma grande quantidade de esmaltes e eu escolhi um esmalte da Granado, para testar. Mesmo lavando louça e cozinhando diariamente, minha mão permaneceu bonita por uma semana. Fiquei muito, muito satisfeita!

No espaço também tem diversas opções de nail art para escolher. Além das películas que já estão por toda a parte, eles também oferecem unhas ombré, de pelúcia, caviar, açúcar, magnéticas, com fitilho, com adesivos, em gel, acrílicas, carimbadas, de jornal, para noivas… Eu nem sabia que tinha tudo isso! Elas devem ter ficados tristes porque eu só queria uma unha básica… Nem filha única eu fiz!
Abaixo tem algumas imagens que pedi para divulgar, mas na fanpage tem várias fotos!

Esmalteria Nacional Porto Alegre

Enfim, achei um lugar ótimo num bairro tradicional de Porto Alegre, a metros de uma cafeteria que serve o legítimo cappuccino italiano e uma loja de cupcakes delícia! Se estiver passeando pela Oswaldo Aranha, vale a pena esticar até a Francisco Ferrer e conhecer o pessoal. É pertinho do Hospital de Clínicas!

Ah, eu vi que eles tem algumas promoções para durante a semana…

A Esmalteria Nacional fica na rua Francisco Ferrer, 362 (Porto Alegre) e está aberta de segunda à sábado das 09h até as 19h.

😉

P.s.: É a primeira vez que eu gosto o suficiente de um lugar para deliberadamente querer escrever sobre ele e divulgar. Fiquei pasma comigo mesma!

1609_ervadoce_aerossol

Links da Semana

Esses são alguns dos links que me chamaram a atenção nessa semana…

É impressionante como a gente envelhece rápido. Parece que agora que completei 30 anos eu enxerguei todas as linhas do rosto de uma vez só! Por isso, estou ligada nessas dicas para manter a pele “jovem”!

LS59.103

E aproveitando a onda da “pele jovem”, compartilho as dicas e desconto proporcionados pelo Makeup Atelier. Mas corre porque o desconto vale até dia 31!

LS59.104

E que tal uma dica de como evitar que o corretivo acumule abaixo dos olhos?

LS59.105

Precisa de mais organização? EU TAMBÉM!

LS59.106

Para não perder o costume, um projetinho DIY!

LS59.107

E que tal uma polentinha nesse frio?

LS59.108

😉

Já escolheu o presente do seu pai? Utilize o cupom DIADOSPAISNND e ganhe 10% de desconto.

frete_pais

Links da Semana

Eu reclamo constantemente sobre o quão difícil é, para mim, encontrar seis posts que “valham a pena” ser compartilhados. Enquanto minha chatice permitir achar esses seis sites, haverá Links da Semana. Mas tá cada vez mais difícil (leia-se: estou cada vez mais chata!)…

Porque sempre é legal de saber o que rola na maquiagem do mundo da moda, esse post do Starving reúne o que se passou na semana da Alta Costura em Paris.

LS58.096

Saber de um dupe é bom demais, né?! Aqui vai um truque para ter o batom “queridinho” do momento!

LS58.097

Segredos de uma das “bambambans” da maquiagem: Pat McGrath!

LS58.098

Já muito ouvimos falar como a expectativa de vida era muito menor nos tempos “não tecnologicos” e o quanto a alimentação atual é muito mais saudável. Será mesmo?

LS58.099

Eu adoro “quotes” e acho um amor os quadrinhos com dizeres motivacionais, principalmente se acompanhados de uma bela ilustração. Aqui tem um, mas o site todo é cheio desses. Aproveite e imprima o seu!

LS58.100

Inverno = preguiça. Então nada melhor do que um “macarrão da preguiça”!

LS58.101

Boa semana!

20150713_diadorock