Saúde: já ouviu falar em vitamina D?

Eu “sofro” de deficiência de vitamina D há algum tempo e é uma briga para manter o nível adequado desse nutriente no meu sangue. :/

Minha mãe também tem o mesmo problema, então achei que era algo “de família”. No entanto, conversando com as meninas naquele workshop que frequentei no Rio de Janeiro, notei que não estamos sozinhas! Haha.

Fazendo uma pequena pesquisa notei que a deficiência de vitamina D é muito comum nos dias de hoje, provavelmente devido ao nosso estilo de vida “super saudável” de comer barras de cereais no lugar de fazer refeições e de correr sob luz fluorescente em vez de sob o Sol, para contrabalançar as oito horas sentadas em frente ao computador, né?! 😛

Pensando nisso, fiquei muito feliz quando o Grupo Sare me contatou oferecendo um texto informativo sobre vitamina D para divulgação! O texto é da  jornalista do grupo, Daiana Barasa, mas claro que eu como bióloga não poderia deixar de mexer um pouquinho num texto em que o assunto é saúde! Haha.

Como meus níveis da vitamina estão abaixo do indicado, estou colocando o despertador para lembrar de tomar minhas cápsulas na hora certa… Fique atento às informações abaixo para que o mesmo não ocorra com você! 😉

Deficiência de vitamina D na dieta: Você já ouviu falar?

Você sabia que para a saúde dos dentes e ossos, a vitamina D é fundamental? Isso mesmo! O cálcio só pode ser plenamente absorvido pelo organismo quando há a presença de vitamina D no corpo. Essa vitamina compõe o grupo das “lipossolúveis”, que necessitam da presença de lipídeos (gorduras) para serem metabolizadas. Dentre as lipossolúveis encontram-se as vitaminas: A, D, E e K. A vitamina D é responsável pelo controle de 270 genes e ajuda no controle das células presentes no sistema cardiovascular, consequentemente prevenindo doenças do coração. A deficiência dessa vitamina no organismo pode prejudicar inclusive a gravidez, gerando bebês de peso abaixo do normal e aumentar o risco de pré-eclâmpsia.

Poucas pessoas conhecem sobre a importância da vitamina D na dieta, e quase ninguém sabe sobre os problemas da deficiência dessa vitamina no organismo. Algumas pessoas apresentam maior dificuldade de absorção desse nutriente e que assim, passam a sofrer com a deficiência de vitamina D. A exposição solar é fundamental para turbinar o organismo da presença dessa vitamina e são principalmente os raios na faixa UVB que auxiliam nesse processo. É importante tomar o sol da manhã (antes das 10h) sem filtro solar, focando no rosto, colo, braços e pernas. No entanto, a vida moderna nos mantém mais próximos das luzes artificiais do que da luz natural, o que dificulta nossa exposição aos benefícios que o Sol pode nos oferecer.

É possível descobrir se há falta do nutriente no corpo por meio de um exame de sangue. Mas há alguns sintomas que podem sinalizar esse problema. São eles:
Gripes frequentes: A deficiência de vitamina D pode expor o indivíduo a maior incidência de problemas respiratórios.
Fraqueza muscular: Como a vitamina é responsável direta pela absorção do cálcio no organismo, quando está em falta pode causar fraqueza muscular.
Problemas renais: A falta da vitamina pode desequilibrar o funcionamento renal do organismo.
Psoríase: Um estudo britânico realizado pela UK PubMed, comprovou que a deficiência dessa vitamina pode provocar a psoríase (doença de pele).
Asma: Pesquisa realizada no Japão comprovou que ataques frequentes de asma podem estar associados à deficiência de vitamina D no organismo.
Doenças cardiovasculares: Principalmente o problema da hipertensão pode ser resultado da falta do nutriente.

Esses são alguns dos problemas que podem estar relacionados com a deficiência da vitamina D no organismo. Para evitar a deficiência, ou repor esse nutriente, alimentos que contêm a vitamina costumam ser os derivados do leite como queijos e manteiga, mas o nutriente também está presente na sardinha, ovo, carne bovina, entre outros.

A suplementação do nutriente também pode ser indicada, mas claro que devidamente orientada por um médico. Manter uma dieta equilibrada, praticar alguma atividade física, beber muita água ao longo do dia é fundamental. Além, é claro, da exposição ao Sol de forma segura, como dito acima, evitando o horário prejudicial.

Grupo Sare: www.saredrogarias.com.br

Vitamina D 2 Shutterstock

20150710_clarins

Anúncios

3 respostas em “Saúde: já ouviu falar em vitamina D?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s