Esmalte da vez, look festa e mais blablabá

Mais um esmalte da vez! Estou orgulhosa de mim mesma! Hahahah.

NYCManhattan.007

 

 

Vocês viram ou participaram do “desafio” da foto sem maquiagem que rola/rolou pelo face?

Eu não tive problema algum em postar uma foto sem maquiagem, até porque todas vocês já viram! Hahaha. Na realidade me sinto muito bem maquiada, me sinto mais bonita, mais mulher e mais confiante, pois, em geral, nos sentimos bem quando estamos bonitas ou nos sentimos bonitas. Porém, não me sinto mal sem maquiagem. Me sinto sem cor, mas não mal… Porém vi algumas pessoas respondendo ao desafio com fotos de criança ou mesmo fotos no escuro e sem flash. Fiquei meio triste pelas pessoas, na verdade… Me passou a sensação de que não se aceitam, ou melhor, não aceitam que são belas de qualquer jeito.
Até dois anos atrás, minhas maquiagens serviam com folga em uma caixa de sapato. Eu usava apenas em festas formais e não passava nem batom para a balada. Digo para vocês que nunca me senti menos por isso, nunca deixei de ter um “casinho” por isso, etc… Quando morei nos Estados Unidos, demorei seis meses para começar a usar maquiagem e só o fiz quando uma amiga me ensinou, pois eu nem sabia direito. Ainda, como não era “moda” nos meus círculos sociais brasileiros, assim que cheguei logo perdi o costume. Com 17 anos, eu realmente achava que maquiagem era coisa de velha e que deveríamos usar muito esporadicamente afinal, maquiagem “faz mal”. Além de herdar esse conceito de que maquiagem é ruim, as pessoas sempre diziam: “A tua pele não precisa de maquiagem.”. Ok. Não preciso usar, então… Haha. Mas as coisas evoluem e a maquiagem não é exceção. Já sabemos que maquiagem não faz mal desde que você saiba como usá-la e, mais importante, como tirá-la!

Nessa linha de maquiagem, confiança, beleza e autoestima, minha amiga Mayã, que tem um ótimo canal no youtube, postou sua foto sem maquiagem com esse belo pensamento junto a ela:

Não é de agora que mulheres são exigentes com a própria beleza, e algumas estão dispostas a tê-la a qualquer custo, mas não basta se preocupar com a própria beleza, tem que se preocupar com a beleza alheia tbm!
Quando eu trabalhava em salão de beleza (que tem um fluxo grande de pessoas), eu tinha que ouvir TODO SANTO DIA sobre como eu sou branca! Alguns apenas comentavam o fato (como se eu não soubesse), outros faziam piadas perguntando se eu estou vestindo meia-calça e outros até mesmo dizendo que eu pareço doente, que eu deveria pegar um solzinho ou fazer Jet Bronze.
Sem contar os comentários de que eu vou ficar gorda se continuar comendo assim, que eu preciso urgentemente fazer uma micropigmentação na sobrancelha… Gente, CHEGA! Porque tu te importa tanto com a aparência do outro? É tão insatisfeita com a própria que precisa inspecionar pra ver o quanto a outra pessoa não é tão perfeita quanto tu pensava?
Tantas pessoas reclamando da tal da ditadura da beleza e não se dão por conta que são as mesmas quem sustentam esse padrão! SIM, tu mesma que faz um comentário ‘inocente’ sobre o quanto a outra pessoa deu uma engordadinha, sobre como ela ficaria mais bonita se fizesse um tratamento para eliminar celulites. Não se pode culpar a mídia sobre os males do mundo se tu age como ela!
Meu intuito com isso não é apontar o dedo na cara de ninguém, até pq eu sei que a maioria das pessoas faz isso sem perceber, mas preciso sugerir que repensem mais sobre os seus atos e espiem mais seus pensamentos!

Eu concordo! Com palavras “inofensivas” podemos estar piorando um caso de baixa autoestima, ou ainda, passando a nossa baixa autoestima para outra pessoa como uma tentativa de fuga. Sabe, isso que hoje é chamado de bullying…
Enfim, achei um bom texto para pensarmos em como nos vemos e o que exigimos de nós mesmas e também dos outros. E que direito temos de exigir do outro algo que só cabe a ele?

Dito isso, vamos deixar o mundo  do “sem maquiagem” e abusar de um look festa!?

lookfesta.011

Para esse look usei as seguintes sombras:

1. Buzz, da Naked 3;

2. um marrom claro para dar a transição do côncavo juntamente com a…

3. Darkside, também da Naked 3, Para dar maior profundidade e escurecer um pouco mais o canto externo.

Também, apliquei as duas sombras da Naked 3 rente a linha dos cílios, sombra iluminadora opaca rente a sobrancelha e no canto interno e apliquei cílios postiços bem rente a raiz dos cílios naturais. Devido ao fato de que meus cílios nascem voltados para baixo, os postiços não ficam tão evidentes. porém, prefiro assim do que aquele “problema” de enxergar duas fileiras de cílios pois os postiços e naturais não estão sobrepostos…

Bom final de semana, meninas!

E pensem um pouco na sua autoestima e do que ela é composta…

😉

Obs.: Dica…

destaque

Se você optar por algum produto da MUFE, ainda aproveita essa oferta:

31802d38-5076-412e-b2b5-6f14233f02bd

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s