Micro Férias: Bento Gonçalves – RS

Micro férias! Eu ia nomear o post de nano férias, mas descobri que esta denominação é para aquelas férias de uma noite só, como final de semana em hotel. Mini férias é um período menor que o habitual de férias, então como a minha foi um período intermediário, deixei por micro mesmo! Haha.

Há pouco mais de uma semana fomos passar uns poucos dias na praia para aproveitar a tranquilidade do litoral no inverno, já que meu noivo precisava estudar. Passamos alguns dias da semana e fomos passar o final de semana em Porto Alegre onde ele tinha prova e eu, formatura. Aproveitamos para rever alguns amigos mas, realmente, o tempo não foi suficiente para ver todos que eu gostaria… Já na segunda-feira, fomos para Bento Gonçalves, na Serra Gaúcha. A “Serra Gaúcha” se divide entre o lado mais alemão, como Gramado, Canela e Nova Petrópolis, e o lado italiano, como Bento Gonçalves, Garibaldi e Flores da Cunha. Essa é a região conhecida pela produção de vinhos e espumantes, principalmente o Vale dos Vinhedos, onde se encontram diversas vinícolas.

Eu, particularmente, gosto mais de andar pelo Caminhos de Pedra (entre Bento Gonçalves e Farroupilha), do que pelo Vale dos Vinhedos (entre Bento e Garibaldi), devido a beleza e simplicidade do local. Caminhos de Pedra é como ficou conhecida, principalmente, a Linha São Pedro após o início do projeto implementado pelo Hotel Dall’Onder, em que se retirou o reboco de diversas casas da região para mostrar as pedras com as quais eram feitas tradicionalmente. O “caminho” se inicia na localidade de Barracão que é assim conhecida devido aos primeiros colonos que lá se instalaram e montaram barracões para viverem até a construção de suas casas, feitas de pedras locais entalhadas manualmente. Assim que possível, as casas eram rebocadas e pintadas, pois alguns tinham vergonha das casas de pedra que evidenciavam a sua origem simples – Fonte: Casa da Ovelha.

O caminho é uma estrada asfaltada mas sem acostamento, o que dificulta algumas fotografias. Eu fiquei maluca por uma casa, com reboco, abandonada e em ruínas, que era linda demais, mas não pude fotografar pois não tinha como parar… Nem todas as casas são de pedras locais, algumas são de tijolo, mas ficam igualmente bonitas!

Caminhos de Pedra - Barracão

Caminhos de Pedra

Caminhos de Pedra - Salumeria

Caminhos de Pedra - Nona Ludia

Caminhos de Pedra - Maior casa de pedra

Caminhos de Pedra - Casa da ovelha

Caminhos de Pedra - Ovelha

Caminhos de Pedra - Casa das Massas

Caminhos de Pedra - Casa Vani

Caminhos de Pedra - Casa Vanni paisagem

Cerejeira

Caminhos de Pedra - Casa Vanni

Algumas dessas casas são restaurantes, outras são lojas de artigos coloniais, outras somente são casas. A maioria das casas apresentam uma placa que conta sua história.

Já no Vale dos Vinhedos, além de encontrarmos casas antigas e tradicionais, estão a grande maioria das vinícolas. Escolhi a Miolo para fazer uma visita:

Miolo - Vale dos Vinhedos

Miolo - Barricas

Miolo - Espumante

Miolo - Degustação

A visita na Miolo inclui uma breve história da vinícola, uma amostra das parreiras, explicação da colheita e uma visão simplificada da produção e da armazenagem dos vinhos e dos espumantes produzidos pelo método tradicional francês, o champenoise. Ainda, uma degustação de dois vinhos tintos e dois espumantes pelo preço de R$15, recebendo R$7,50 de desconto em compras na loja.

Nós também fomos conhecer a “nova” sede da Salton que fica fora do Vale e fora de Bento, na ida para o município de Veranópolis. É uma experiência diferente da Miolo, pois a Salton não te leva para o parreiral, mas te leva para dentro da indústria em si.

Salton

Salton - Inox

Salton - Industria2

Barril - Salton

Ao final, tem a opção de fazer a degustação de dois vinhos tintos, dois brancos e dois espumantes. Para isso se paga o valor de R$10, que são descontados em produtos na loja.

Eu gostei mais da visita da miolo, pois foi mais aconchegante e o enólogo explicou mais profundamente a avaliação dos vinhos…

Por fim, fomos conhecer a famosa ponte sobre o Rio das Antas!

Ponte sobre Rio das Antas

Rio das Antas

🙂

Anúncios

2 respostas em “Micro Férias: Bento Gonçalves – RS

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s