Macarrão com Cogumelos

Êeeeeeee! Adoro massa!!!

Essa receita é muito boa! Ela é rápida, prática e muito gostosa. A história dessa receita é a seguinte: há cerca de sete anos, meu pai trouxe para casa uma massa muito gostosa que ele havia comido no almoço e eu simplesmente AMEI. Como o restaurante só abre em dias úteis e apenas no horário do almoço, a possibilidade de eu conseguir comer a dita cuja era mínima.  Então, comecei a fazer a receita como eu achei que era feita no restaurante. Ela não é igual ao restaurante por uma questão de praticidade, mas é boa para caramba! Foi o primeiro prato que fiz para meu noivo e, olha, acho que é por ele que estamos juntos até hoje. Hahahaha.

Então, vamos lá!?

Macarrão com Cogumelo
(inspirada na receita do restaurante Nutri Vida (POA,RS))

Ingredientes:

250g de macarrão (utilizei penne integral, mas pode ser qualquer tipo)
150g de cogumelos in natura (paris ou castanho) cortados em fatias
1 cebola grande picada
3 c.s. de molho de soja (shoyu)
400ml de creme de leite (usei light, mas se usar em lata, tire o soro que fica mais cremosa)
sal e pimenta

Modo de fazer:

Cozinhe a massa de acordo com o fabricante. Enquanto isso, em uma frigideira grande ou panela de boca larga, doure a cebola e adicione os cogumelos. Quando estiverem dourados, adicione o molho de soja, mexa e deixe evaporar por um minutinho. Tempere ao seu gosto, lembrando que ainda será adicionado o creme de leite, e retire do fogo. Adicione o creme de leite mexendo até que esteja homogêneo. Escorra a massa e misture o molho na massa.

Nota: eu acho que a receita original é feita com requeijão, pois é o molho é mais consistente. Eu uso creme de leite porque não costumo ter requeijão em casa. Acredito que é possível fazer um molho branco para diminuir ainda mais a quantidade de gordura, assim como usar molho de soja light para diminuir o sódio da receita. Também, pode aumentar a quantidade de cogumelo!

Macarrão.054

Você pode ver que eu gosto mesmo é de mudar as receitas, né?! Essa semana estou fazendo um curso rápido de sobremesas e em cada receita e montagem eu penso em todas as diferentes maneiras que eu poderia fazer aquele prato… Eu acho gastronomia uma coisa muito legal, mas tudo que TEM QUE ser feito de uma maneira para estar certo já acaba com minha animação. Eu sou a favor da criação, de “sentir” a comida. Se a liberdade tá na alma, ela quer ir pro prato, ora! Eu não sou uma pessoa rebelde, mas sinto cada vez mais a necessidade de “pensar fora da caixinha”…
#cozinharebelde

grav

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s