Pão de Preguiçoso: receita fácil de pão caseiro de centeio com vinho tinto

Calma! Não fica com medo! É só um pão… Haha!

Gente eu sempre tive medo de receitas de pães. Na verdade é medo de fermento biológico. Há anos eu ouvi dizer que se olhasse torto pra ele, o pão não cresceria. Assim, por mais que eu adooooooore pães, eu nunca me arriscava. Também, porque lembro da minha mãe comprando o fermento e ele apodrecendo na nossa geladeira porque a receita nunca precisava daquela quantidade e ele ficava lá, abandonado. Claro que outra gigante razão para eu fugir das receitas de pães é a necessidade de amassar o pão, sovando até seus dedos caírem… Mas eis que um belo dia esta receita chegou até mim, usando o querido fermento biológico instantâneo, e sem precisar espancar a massa! Ela é baseada em uma receita desenvolvida por um médico e uma confeiteira (pastry chef (?)) americana que acabaram por escrever um livro descrevendo e aprofundando o método.

Há um certo tempo, perto da minha casa, em Porto Alegre, abriu uma padaria artesanal ao estilo argentino. Eles têm ótimos pães (é o que ouço, visto que eu só provei um até hoje…), mas o preço é um tanto “salgado” para o meu gosto. Assim, eu juntei o útil ao agradável e usei os ingredientes principais do pão que provei (e gostei!) com esta receita fácil, a qual eu acabei por intitular de pão de preguiçoso pelo fato de eu, que tenho preguiça das receitas clássicas, adorar esta receita. Para mim ela tem só uma coisa chata: é gosmenta! Mas acho que estudando um pouquinho é possível dar um jeito nisso… Vou pesquisar mais a respeito!
Enquanto isso, vamos fazer deste jeito mesmo?

paozin.015

Pão de Preguiçoso
(adaptado de ABi5)

Ingredientes:

1 xíc. vinho tinto seco (usei Cabernet Sauvignon)
1/2 xíc. água morna
1 c.s.  fermento biológico instantâneo/seco (1 pacotinho de 10g)
1 1/2 c.s. sal grosso
2 xíc. farinha de centeio
1 1/2 xíc. farinha de trigo
70g nozes picadas (opcional)

Modo de fazer:

Misture os ingredientes secos em uma vasilha plástica grande, que tenha uma tampa simples, sem ser hermética.  Adicione os líquidos e misture os ingredientes com uma colher. Certifique-se de que não fique nenhum grumo seco de farinha. A massa deve ficar úmida.
Deixe repousar por duas horas em cima do balcão da cozinha, devidamente coberta. Ela vai dobrar de tamanho, por isso a necessidade de usar uma vasilha grande o suficiente para comportar o crescimento da massa.
Depois deste período, modele o pão no formato desejado (veja a figura abaixo), polvilhando um pouco de farinha, mas manuseando o mínimo de tempo possível para evitar perder as bolhas de ar formadas pela fermentação.  Coloque o pão moldado na forma untada e polvilhada com farinha e deixe descansando por cerca de 40 minutos. Não precisa cobrir.
Vinte minutos antes de assar, ligue o forno e preaqueça 230oC. Asse em forma para pão (usei uma pequena, 20 x 8 cm) ou em forma comum (isso gera um pão com forma livre, mais artesanal) e coloque uma vasilha/forma com água dentro do forno para criar vapor enquanto o pão é assado.
Polvilhe o pão com um pouco de farinha e faça cortes na massa com uma faca de serra, utilizando o padrão que preferir. Asse por 40 minutos ou até que 0 pão apresentem uma casca firme e douradinha (para mim, nunca antes de 40min).

comofazer.016

Nota: Depois que a massa crescer a primeira vez, você pode colocar ela na geladeira para que fique menos pegajosa e muito mais fácil de trabalhar. Ela pode ficar alguns dias na geladeira.
Eu costumo assar em forma com papel manteiga untado e enfarinhado (menos coisas para lavar!).

A receita original leva as mesma quantidades, apenas é usada só farinha de trigo e água, em vez de misturas com farinha de centeio e vinho. Ah, e sem nozes!

Dica: Na outra vez que fiz esta receita, eu esquentei a água com o vinho em uma panela e deixei um galho de alecrim em infusão, só enquanto o líquido aquecia um pouco (não pode ser muito quente para não matar a levedura), para dar um toque diferente, já que eu adoro alecrim com vinho…

Quem estiver a fim de se arriscar no pão caseiro, acho uma boa começar com essa receita!

Na próxima semana, começa um curso intensivo de panificação e confeitaria argentina em uma das DUAS escolas (oficiais) de gastronomia de Porto Alegre. Fiquei com muita vontade, mas essas coisas demandam um investimento bem pesado para um curso de duas semanas… Enquanto o momento ($$$) não chega, vamos nos arriscando com o que tem, né?!

Eu sou louca no pão batido que tem em um bistrô na zona sul… Fazer algo parecido será meu próximo projeto!

🙂

Anúncios

7 respostas em “Pão de Preguiçoso: receita fácil de pão caseiro de centeio com vinho tinto

    • Única que me deu coragem! Hahah
      Dá uma olhada na original que é com farinha branca e tal. Mais pro dia-a-dia…

      p.s.: Hoje meus cílios resolveram se comportar e ficaram altos e curvados sem curvex! hahaha

      Curtir

      • ah, mas achei essa receita tão chique e elegantchy! quero fazer ESSA! heheheh

        MENINA! falando em make, xô te contar…fui comprar um shampoo em uma lojinha aqui de Bsb e vi o tal blush cor 07 da Vult! Não compreee! hahaha! não é nem um tiquinho pêssego! O de cor pêssego é a cor 08. O 07 parece mais um iluminador, é meio amarelo, sei lá…entendi não! hehehe!

        Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s